PUBLICIDADE
Topo

Streaming chinês cria final alternativo 'feliz' para 'Clube da Luta'

Edward Norton e Brad Pitt em cena de Clube da Luta - Divulgação/IMDb
Edward Norton e Brad Pitt em cena de Clube da Luta Imagem: Divulgação/IMDb

Colaboração para Splash, em Alagoas

24/01/2022 17h00

A plataforma de streaming chinesa Tencent Video surpreendeu seus assinantes ao disponibilizar o filme "Clube da Luta", lançado em 1999, com um final alternativo e "feliz", diferente do original.

Na versão oficial, o Narrador [Edward Norton] se livra do controle mental exercido por Tyler Durden [Brad Pitt], mas não é capaz de prevenir os ataques terroristas do Projeto Caos. Diante de sua incapacidade em dar um final feliz a história, o Narrador assiste a destruição de mãos dadas com Marla [Helena Bonham Carter].

Porém, na versão alternativa disponibilizada pelo Tencent Video, os eventos originais simplesmente não existem. Em seu lugar, a plataforma criou uma realidade em que o Narrador mata Tyler com um tiro na boca e, na parte em que tudo é destruído pelas instituições financeiras dos Estados Unidos, o streaming chinês exibiu um letreiro em que diz que as autoridades conseguiram vencer os inimigos. Nesse final alternativo, a força policial é capaz de prender os criminosos e evita, portanto, a explosão das bombas.

Dirigido por David Fincher, "Clube da Luta" chegou aos cinemas em 1999, com Brad Pitt, Edward Norton, Meat Loaf e Jared Leto no elenco.

O filme é centrado na história de um homem deprimido que sofre de insônia até que ele conhece um estranho vendedor chamado Tyler Durden e se vê morando em uma casa suja depois que seu perfeito apartamento é destruído. A dupla forma um clube com regras rígidas onde homens lutam. A parceria perfeita é comprometida quando uma mulher, Marla, atrai a atenção de Tyler.