PUBLICIDADE
Topo

Britney Spears dispara para mãe e irmã: 'Deveria ter dado na cara de vocês'

Britney Spears e Jamie Lynn - (Foto: Getty)
Britney Spears e Jamie Lynn Imagem: (Foto: Getty)

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

19/01/2022 10h01

Após conseguir na justiça o fim de sua tutela que durou 13 anos, Britney Spears, de 40 anos, não esconde dos seus fãs todos os traumas que passou ao longo de mais de uma década. Em recente desabafo, a cantora voltou a falar da mãe, Lynne Spears, e da irmã, Jamie Lynn Spears.

Em uma nova publicação no Instagram, Britney escreveu um longo texto sobre tudo que Lynne e Jamie fizeram a cantora passar. Em um dos trechos, ela dispara: "não foi forte o suficiente para fazer o que deveria ter sido feito". "Ter dado tapas bem na cara de vocês!!!", disse.

Ao longo da publicação, Britney também lembrou quando a mãe ficou sob efeito de analgésicos após se separar de seu pai, Jamie Spears. A cantora disse que a mãe não conseguia manter uma conversa.

"Minha mãe estava tomando analgésicos e mal conseguia manter uma conversa em casa, porque ela e meu pai se separaram e ela estava mais bagunçada do que qualquer coisa", contou ela, que disse que precisava de apoio da família.

Os problemas familiares se intensificaram nos últimos dias após Jamie anunciar o lançamento de um livro biográfico. A cantora de "Toxic" não gostou nada e desabafou em uma rede social.

Espero que seu livro venda bem, Jamie Lynn! Não estarei no Instagram por um tempo. A mídia e o business sempre foram extremamente cruéis comigo. Eu já dei o suficiente, MAIS do que o suficiente.

A estrela desabafou sobre a versão que Jamie deu de sua história em uma carta aberta, apontando duas coisas que a incomodaram: "Ela falou sobre como meu comportamento estava fora de controle. Ela nunca esteve por perto por 15 anos... então por que razão ela estaria falando sobre isso se não quisesse vender um livro às minhas custas?", questionou a princesa do pop.

Britney ainda continuou: "Eu escrevi muitas das minhas músicas, ela era a criança naquela época. Ela nunca teve que trabalhar por nada. Tudo foi sempre dado de graça a ela!", disse a cantora.

A estrela falou também sobre a relação entre ela e seus familiares. "Eu sempre fui a melhor pessoa. Eles todos conseguiram fazer o que queriam e brincar comigo enquanto eu me sentei e assisti. Mas agora isso parece piada... a última coisa que eu faria era pedir pelas coisas que foram dadas a ela! Então sim, eles arruinaram os meus sonhos" disse ela, acrescentando em outra parte: "Minha família arruinou um bilhão porcento dos meus sonhos e tenta fazer com que eu pareça louca mesmo estando ardendo em febre, não conseguindo sair da cama. Minha família ama me colocar para baixo, e me machucam sempre, então estou enojada deles".

Britney já não segue a irmã no Instagram desde julho do ano passado. Jamie Lynn se recusou a dar entrevistas sobre o assunto da tutela da irmã enquanto o processo ainda acontecia. O livro de Jamie, "Things I Should Have Said", foi lançado ontem.