PUBLICIDADE
Topo

Sertanejo ou jogador? Gustavo Mioto conta como virou empresário de games

Colaboração para Splash, em São Paulo

18/01/2022 11h30Atualizada em 18/01/2022 11h44

Tiago Abravanel está no "BBB 22", mas por aqui a segunda temporada do "Sai da Caixa" continua. Da casa mais vigiada do Brasil, para a sala do apresentador, Abravanel recebeu Gustavo Mioto que contou ter saído real da caixinha. Com o tempo disponível na pandemia, ele pegou sua paixão por videogame e abriu uma empresa de jogos eletrônicos.

A temporada ainda não acabou, Pocah — que também já foi do camarote do "BBB", será a próxima convidada do Canal UOL.

Os anos de pandemia não foram fáceis para ninguém, e, para Gustavo Mioto não foi diferente: "Eu descobri que o Gustavo era um menino que estava precisando de ajuda, a pessoa física. A pessoa jurídica tomou tanto tempo da pessoa física que acabou que a pessoa física estava perdida", começou.

Com uma agenda corrida de shows e turnês por todo o Brasil, o 'Gustavo Pieroni Mioto' — a pessoa física, como ele brincou, acabou ficando de lado, e o tempo em casa o fez perceber que precisava olhar para dentro de si.

Deixa eu cuidar de mim, precisei passar por algumas terapias da vida, tomar um ar, respirar, voltar a fazer algumas coisas novas que eu não conseguia fazer, alguma coisa diferente, fora da música. Gustavo Mioto

Coisas novas

Foi quando Abravanel se surpreendeu. Gustavo Mioto saiu totalmente da caixinha da música e investiu em uma outra paixão: os games: "Uma empresa de games, de agenciamento de players. A gente tá fazendo um time feminino de jogos eletrônicos", contou o convidado cheio de orgulho.

Era um negócio que eu sempre tive vontade de fazer e nunca tive esse tempo, com a pessoa jurídica correndo. Esses dois anos parados foram, entre aspas, bom para esse tipo de coisa avançar e isso também serviu de terapia para mim. Gustavo Mioto

Gustavo - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Sai da Caixa: Tiago Abravanel recebe Gustavo Mioto em seu programa
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Gustavo contou para Abravanel que sempre foi muito fã de games e de tecnologia, desde criancinha: "Sempre fui o guri do videogame com o violão no quarto. Nunca fui muito de balada", brincou.

Ele já jogou muito fogo de futebol, mas hoje em dia se dedica ao "FPS", que são os jogos de tiro em primeira pessoa, disputado em equipes: "Fiz amizade com a galera que joga profissionalmente por isso, veio a ideia da empresa", completou.

Tiago Abravanel e Gustavo Mioto nos bastidores do "Sai da Caixa"

Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui