PUBLICIDADE
Topo

Com fim de batalha judicial, patrimônio de Prince é avaliado em R$ 861 mi

Prince durante apresentação em 2007. - Chris O"Meara/AP.
Prince durante apresentação em 2007. Imagem: Chris O'Meara/AP.

Colaboração para Splash, de São Paulo

17/01/2022 14h00Atualizada em 17/01/2022 14h00

Prince foi um dos maiores cantores de seu tempo. Em vida, lançou 39 álbuns com músicas dos mais diversos gêneros - tendo mais destaque no funk, R&B e jazz. Após fim de uma batalha travada na justiça pelos herdeiros e pela gravadora Primary Wave, o valor de seu patrimônio quase duplicou em comparação ao estimado anteriormente.

Dessa maneira, a herança do músico, que inclui seu catálogo de músicas, foi avaliado em R$ 861 milhões na cotação atual. Prince morreu em 2016 e não deixou testamento. Logo, o patrimônio será dividido entre três de seus irmãos e a Primary Wave - que comprou os direitos do catálogo do cantor dos outros três herdeiros em agosto de 2021, sendo que dois já haviam falecido.

No próximo mês pode começar a redistribuição da herança. Conforme o advogado dos herdeiros, L Londell McMillan, "foram seis longos anos". Todos entraram com um processo legal para que o valor do patrimônio fosse distribuído.

Prince - Vince Bucci/Getty Images. - Vince Bucci/Getty Images.
O cantor Prince, que morreu em 2016.
Imagem: Vince Bucci/Getty Images.

Batalha judicial pelo patrimônio de Prince

Nos últimos seis anos, os herdeiros de Prince enfrentaram uma longa batalha judicial para obter o patrimônio do artista. O auge do processo se deu no início deste ano, quando a agência fiscal dos EUA, Internal Revenue Service (IRS), alegou que a herança valia o dobro do valor estimado pela Comerica - cerca de R$ 453 milhões na cotação atual. Com isso, o IRS reivindicaria mais impostos.

Contudo, a Comerica processou o IRS em 2020, afirmando que a avaliação continha erros. Na época, confirmou que o acordo prevaleceria se fosse a julgamento, mas os herdeiros pressionaram para que o processo fosse mais rápido.

Agora, herdeiros e Primary Wave esperam receber novas receitas e contínuas do patrimônio de Prince. Vale destacar que grandes gravadoras têm feito essas aquisições de catálogos de músicas, uma vez que se mostrou um mercado lucrativo. O mesmo ocorreu com obras de Bob Dylan, por exemplo.