PUBLICIDADE
Topo

Atriz pornô argentina sofre paralisia facial após excesso de botox

Sabrok já passou por mais de 50 procedimentos estéticos. - Reprodução/Newsflash.
Sabrok já passou por mais de 50 procedimentos estéticos. Imagem: Reprodução/Newsflash.

Colaboração para Splash, de São Paulo

17/01/2022 16h02Atualizada em 17/01/2022 16h02

Modelo da Playboy e atriz pornô, Sabrina Sabrok é uma grande adepta das cirurgias plásticas. Conforme a estrela de 45 anos, já passou por 53 cirurgias estéticas e conseguiu o que almejava - "parecer artificial, como uma boneca".

No entanto, a quantidade de procedimentos pode ser prejudicial à saúde. Agora, a argentina sofre com uma paralisia no lado direito do rosto, devido ao abuso de procedimentos, como a aplicação excessiva de botox e preenchimento.

"Coloquei muito botox no rosto e muito preenchimento nos lábios, que se espalharam por todo o rosto e me fizeram não conseguir sorrir bem. Me sinto uma idiota", revelou. "O médico me mandou fazer exames no rosto. Houve uma complicação e me disseram que eu tinha paralisia do lado direito do rosto devido ao botox e preenchimento", explicou.

Sabrina Sabrok - Reprodução/Instagram/@sabrinasabrokreal - Reprodução/Instagram/@sabrinasabrokreal
Sabrina Sabrok revela que as pessoas não acreditam em sua idade.
Imagem: Reprodução/Instagram/@sabrinasabrokreal

Segundo a modelo satanista - que afirma conversar com o Diabo com frequência -, não sabia o que queria ser quando crescesse. "Eu não tinha ideia do que queria fazer quando crescesse. Na verdade, trabalhei como professora de música e nunca pensei em fazer nada com meu corpo", complementou.

Contudo, com o tempo, Lorena Fabiana Colotta (nome verdadeiro de Sabrina) entrou para a televisão e viu sua vida mudar drasticamente, assim como seus pensamentos. "Depois, tudo mudou quando comecei a trabalhar na TV, ganhando um bom dinheiro para gastar em cirurgias", destacou.

Hoje, sofrendo de paralisia facial, Sabrina Sabrok se arrepende de ter passado por tantos procedimentos. A fisioterapia é um dos tratamentos para a condição, mas a consulta ao médico é essencial para avaliar cada caso e sugerir a melhor opção.