PUBLICIDADE
Topo

Irmão de Marília Mendonça volta a atacar Naiara Azevedo: 'Quem ama não usa'

João Gustavo, irmão de Marília Mendonça, detonou Naiara Azevedo por participação no "BBB 22" - Reprodução
João Gustavo, irmão de Marília Mendonça, detonou Naiara Azevedo por participação no "BBB 22" Imagem: Reprodução

Colaboração para Splash, em Alagoas

16/01/2022 08h02

O cantor João Gustavo, irmão de Marília Mendonça, voltou a cutucar Naiara Azevedo, pouco tempo depois de acusar a artista de tentar usar o nome da rainha da sofrência para se promover durante sua estadia no "BBB 22" (TV Globo) — a sertaneja foi confirmada como uma das participantes do time Camarote desta edição.

Por meio de seu perfil no Twitter, João Gustavo disse que está "aprendendo a separar o joio do trigo" e, independentemente daquilo que as pessoas falarem, eles sabem distinguir entre o que é verdadeiro ou não.

Ainda, o artista explicou que, quando decidiu dar continuidade a sua carreira musical, ele "engoliu" o choro e a dor, pois sabia ser isso que sua irmã iria querer. Por fim, Gustavo afirmou que "quem ama não usa".

É muito fácil olhar da janela na casa do vizinho. Estamos aprendendo a separar o joio do trigo. E falem o que quiser, mas nós sabemos o que é verdadeiro e o que não é! Quando pensei em não lançar mais meu trabalho, lembrei do quanto ela feliz. Engoli o choro, a dor e fizemos o que ela queria. Quem conheceu a minha irmã sabe o quanto algumas coisas a deixava magoada. E, por isso, não vou deixar ninguém, mas ninguém mesmo, se fazer valer da partida dela. Uma coisa vou levar para a vida: Quem ama não usa", publicou.

Entenda

Ontem, João Gustavo criticou Naiara Azevedo após a sertaneja declarar em entrevista que tem uma música em parceria com Marília Mendonça programada para ser lançada nos próximos dias. Nas redes, o cantor disse que Naiara "nunca enganou ninguém" e afirmou que fará de tudo para eliminar a artista do confinamento.

Posteriormente, a família de Marília Mendonça emitiu um comunicado em que acusa Azevedo de "usar a mídia de forma estratégica" para forçar o lançamento de uma música produzida e gravada em uma parceria entre as cantoras.

"O que nos magoa é usar a mídia de maneira estratégica para forçar a liberação, sem ao menos nos comunicar. Todos os artistas têm o respeito de nos procurar. Nunca fomos contatados pela Naiara ou por ninguém da equipe dela. Os motivos para a negativa sempre couberam a Marília", diz um trecho do comunicado.

A família também destacou que enfrenta "este tipo de coisa" diariamente e reforçou que ainda enfrenta a perda da convivência com Marília, o que vai além da presença de uma artista.

A relação das duas, enquanto Marília Mendonça estava viva, era distante até com dificuldades para tocar projetos em conjunto. As atitudes da cantora após a tragédia também teriam causado a irritação da família.

Durante o velório de Marília Mendonça, em novembro de 2021, quando a rainha da sofrência morreu aos 26 anos em decorrência de um acidente aéreo, Naiara Azevedo marcou presença e foi fotografada visivelmente abalada pela morte da artista. Azevedo também foi convidada por Luciano Huck para prestar uma homenagem à Marília no "Domingão", na companhia de outros famosos como Luísa Sonza. Na ocasião, ela recebeu críticas nas redes sociais por estar "muito animada" em sua apresentação após a tragédia.