PUBLICIDADE
Topo

John Mayer busca carro deixado por Bob Saget em aeroporto e se emociona

John Mayer se emociona ao falar do amigo Bob Saget - Reprodução/Instagram
John Mayer se emociona ao falar do amigo Bob Saget Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

13/01/2022 13h43

John Mayer, de 44 anos, um dos amigos mais próximos de Bob Saget, encontrado morto em seu quarto de hotel em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos, no domingo passado (9), tem estado próximo aos familiares do ator e ajudado no que é possível nesse período. Ontem, o cantor se juntou ao comediante Jeff Ross, 56, para resgatar o carro deixado por Bob no aeroporto de Los Angeles antes de morrer.

Ao viajar para outro estado norte-americano, o ator deixou o carro no aeroporto internacional de Los Angeles (LAX) para seguir para a Orlando, local de sua apresentação.

No trajeto para buscar o carro, John, emocionado, e Jeff lembraram de momentos especiais ao lado do ator e compartilharam as histórias durante uma transmissão ao vivo no Instagram.

Eu nunca conheci um ser humano na Terra que pudesse dar tanto amor, individual e completamente, a tantas pessoas de uma maneira que fizesse cada pessoa se sentir como um personagem principal em suas vidas e que elas eram um personagem na sua vida. Todo mundo está tão ciente de quão universal era o amor de Bob pelas pessoas, afirmou John.

O cantor ressaltou que, embora o ator tivesse motivos para se abater por ter enfrentado situações difíceis e perdas trágicas como a morte de suas duas irmãs, ele era forte e tinha uma felicidade que contagiava todos ao seu redor.

"Ele tinha todas as desculpas para ser cínico, aborrecido, desconfiado. Ele tinha todos os motivos para ser o cara amargo no fundo do bar. [Mas] ele riu e espalhou alegria em protesto contra a crueldade dessas coisas", continuou.

Emocionado, John lembrou Bob valorizava muito as relações e suas amizades eram longas e valiosas. Os dois se conheciam há 15 anos e o cantor ainda brincou que ele "novato".

Jeff também comentou sobre o amigo durante o percurso até o aeroporto de LA. Na transmissão, ele disse que o ator se preocupava com todos.

"Se você precisava de um médico, de um advogado, de um sanduíche de pastrami às três da manhã porque uma garota acabou de partir seu coração, Bob era esse cara", brincou ele.

Ele sabia como lidar com o sucesso e ajudar as pessoas a permanecerem bem-sucedidas. Ele sempre me deu ótimos conselhos... Eu dizia: 'Bob, o que eu faço? Eu me sinto culpado. Estou sendo pressionado a fazer isso ou aquilo.' Ele dizia: 'Faça o que é bom para você'. E ele realmente entendeu como se preservar e cuidar de si mesmo e cuidar dos outros, continuou o comediante.

John, que dirigia o carro, continuou o desabafo e refletiu sobre o amor que Bob deixou. A expressão de amor efusiva e repetida de Bob é o maior presente que ele deixou às pessoas, porque tudo o que temos é a dor de sua partida", disse o cantor.

Jeff complementou: "Ele adorava fazer as pessoas felizes. Não importava quem você fosse, sua situação e posição... De certa forma ele pegou sua família da TV e fez dela sua verdadeira família, o que é inédito. Vai ser algo que fará falta por muito tempo", afirmou.

O cantor falou sobre a ida até o aeroporto para buscar o carro do amigo. "Esta é a única vez na minha vida que tive a honra de ajudar um amigo no LAX", brincou Mayer.

De acordo com o artista, a multa do estacionamento que o ator acabou deixando custou US$ 250 (aproximadamente R$ 1380). "A empresa de estacionamento foi, digamos, pouco receptiva, à ideia de que estávamos ajudando um amigo que não está mais conosco", disse o cantor. "Eles ficaram tipo, 'Se fosse o carro de [John] Stamos, nós deixaríamos você ir", brincou Jeff.

Ao finalizar a transmissão, os dois amigos deixaram mensagens de carinho para a esposa do ator, Kelly Rizzo. John aproveitou para falar que nunca lidou com uma perda tão grande e avisou para os fãs se preparem para alguns álbuns.

"Devo dizer que somos apenas algumas estrelas na galáxia dos entes queridos de Bob Saget", finalizou o cantor. "O que podemos dizer além de 'Nós amamos você, Bob' é 'Vida longa ao Rei Saget'", completou Ross.