PUBLICIDADE
Topo

Shane, filho de Sinead O'Connor, morre aos 17 anos; jovem fugiu de hospital

Shane O"Connor, filho de Sinead O"Connor - Reprodução/Twitter
Shane O'Connor, filho de Sinead O'Connor Imagem: Reprodução/Twitter

De Splash, em São Paulo

08/01/2022 12h10Atualizada em 08/01/2022 16h55

Shane O'Connor, filho de Sinead O'Connor, foi encontrado morto ontem em Wicklow, na Irlanda, confirmou a polícia local. A cantora também confirmou a morte do garoto de 17 anos com um tuíte.

"Meu lindo filho Nevi'im Nesta Ali Shane O'Connor, luz da minha vida, decidiu encerrar sua luta terrena hoje e agora está com Deus. Que ele descanse em paz e ninguém siga seu exemplo. Meu bebê, eu te amo muito. Por favor, fique em paz", escreveu a cantora.

Sinead ainda declarou que pretende processar o hospital onde Shane estava internado em observação após duas tentativas de suicídio na semana passada. O garoto escapou do local e estava desaparecido.

Shane desapareceu na quinta-feira e tinha sido visto pela última vez na cidade de Tallaght ainda ontem, pela manhã. Hoje a polícia da Irlanda confirmou que a busca por Shane havia sido suspensa e que um corpo encontrado ontem era mesmo do filho da cantora.

Shane é filho da cantora com o cantor folk Donal Lunny. Ele era um dos quatro filhos de Sinead, que ainda é mãe de Jake Reynolds, Roisin Waters e Yeshua Francis Neil Bonadio.

Apelos nas redes sociais

sinead - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
A cantora Sinead O'Connor
Imagem: Reprodução/Twitter

Assim que Shane desapareceu, na quinta-feira, Sinead O'Connor acionou a polícia e também recorreu às redes sociais para tentar localizar o garoto de 17 anos. A primeira mensagem, direcionada ao filho, foi publicada na quinta-feira.

"Essa é uma mensagem para o meu filho, Shane. Shane, não tem mais graça essa história de estar desaparecido. Você está me deixando muito assustada. Você poderia, por favor, fazer a coisa certa e se apresentar em uma estação da Gardaí [polícia irlandesa]. Se você está com Shane, por favor, ligue para a polícia para a segurança dele."

No mesmo dia, Sinead continuou os apelos com uma mensagem carinhosa direcionada ao filho. "Shane, sua vida é preciosa. Deus não pincelou esse lindo sorriso em seu rosto para nada. Meu mundo entraria em colapso sem você. Você é meu coração. Por favor, não pare de bater. Por favor, não se machuque. Se entregue para a polícia e vamos levá-lo ao hospital."

A cantora ainda questionou o hospital por ter deixado o filho dela escapar do local. "Eu quero saber por que o hospital Lynn Ward, em Taillight, que deveria supervisionar meu filho 24 horas por dia, 7 dias por semana, conseguiu deixá-lo fora de seu alcance esta manhã quando, 7 dias atrás, ele fez duas tentativas graves de suicídio."

No dia seguinte, quando Shane foi encontrado morto, Sinead dedicou ao filho a canção "Ride Natty Ride", de Bob Marley, que a inspirou a escolher o nome dele. "Isso é pelo meu Shaney. A luz da minha vida. A lâmpada da minha alma. Meu bebê de olhos azuis. Você sempre será minha luz. Nós estaremos sempre juntos. Nenhuma fronteira pode nos separar."

Sinead O'Connor está na carreira artística há 35 anos. Ela estreou em 1987 com o álbum "The Lion and the Cobra", dedicado à mãe que falecera havia pouco tempo.

Mas foi em 1990 com a canção "Nothing Compares 2 U", de seu segundo disco, "I Do Not Want What I Haven't Got", que ela ficou mundialmente conhecida.

A canção, composta originalmente por Prince, levou o álbum de Sinead à primeira posição dos mais vendidos em vários países e deu à cantora diversos prêmios.

Em outubro de 2018, Sinead O'Connor se converteu ao islamismo e mudou de nome, passando a chamar-se Shuhada' Davitt. Mas, na carreira musical, ela ainda é conhecida pelo nome de batismo.

Seu último álbum completo, "I'm Not Bossy, I'm the Boss", foi lançado em 2014. Sinead se apresentaria no Brasil em 2015, mas cancelou os shows por causa de Shane, que na época tinha 11 anos e estava doente. Em 2020, ela lançou o single "Trouble Of The World" e, no ano passado, a biografia "Rememberings".

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada como o CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade.

O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.