PUBLICIDADE
Topo

Quem era Boco do Borel, o funkeiro que foi morto a tiros em Pernambuco

Boco do Borel foi assassinado aos 34 anos; polícia investiga o crime. - Reprodução/Instagram
Boco do Borel foi assassinado aos 34 anos; polícia investiga o crime. Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

27/12/2021 13h26

MC Boco do Borel foi morto ontem enquanto se preparava para se apresentar em um bar na praia de Serrambi, em Ipojuca, local próximo a Porto de Galinhas, em Pernambuco. O nome de batismo é Paulo Roberto Gonçalves Cavalcanti, mas foi com o nome artístico Boco do Borel que ele se tornou um dos pioneiros do brega funk.

No início da carreira, Boco fez parceria com MC Sheldon, mas os dois acabaram se distanciando. Em um vídeo emocionado, Sheldon lamentou não ter dito ao amigo o quanto o amava e explicou o motivo do afastamento.

"A gente não se falava, mas a gente se amava. Por motivo bobo? Rolou o meu DVD, Com Amor Sheldon, um DVD romântico, e Boco não tinha nada a ver com romantismo. E daí ele não foi convidado para o DVD e ficou essa intriga boba. Perdemos tempo e não perdi perdão" - MC Sheldon.

A parceria entre Sheldon e Boco durou entre 2007 e 2014. A cumplicidade deles era tanta que ambos tinham os nomes um do outro tatuados nos braços. "Foi por amor de irmãos", disse Sheldon sobre a tatuagem.

Entre os maiores sucessos de Boco do Borel estavam as músicas "Vem Novinha Mim Ter", "Novinha Merece Sim", com Sheldon, e "Vem Novinha Tomar Toddynho".

Em suas músicas, Boco do Borel falava sobre mulheres, drogas e dinheiro. A vida pessoal não era menos polêmica do que as suas composições. Boco foi preso em 2020 por suspeita de tráfico de drogas. Por mais de um ano, o funkeiro ficou detido no no Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife.

O MC tinha uma filha, de 2 anos, fruto do casamento com Alynne Cristina. Em suas redes sociais, Alynne se indignou com a morte do funkeiro: "Estou revoltada com essa crueldade, maldade, covardia e inveja".

A perícia apontou que o cantor teve 15 perfurações pelo corpo, inclusive na cabeça. Ele chegou a receber socorro, mas não resistiu aos ferimentos.