PUBLICIDADE
Topo

Daphne é a última eliminada do 'MasterChef'; Edu, Isa e Kelyn formam final

Daphne é a última eliminada do "Masterchef Braisl" - Reprodução/Band
Daphne é a última eliminada do "Masterchef Braisl" Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para Splash, em Pernambuco

08/12/2021 00h41Atualizada em 08/12/2021 14h55

A skatista Daphne Sonnenschein, de 19 anos, foi a última eliminada da 8ª temporada do "MasterChef Brasil". Ela deixou o programa na semifinal da competição.

O anúncio foi dado com emoção pelos chefs.

Ela disputou até o final com Kelyn e perdeu a vaga na final por pouco, por uma pavlova estranha e um ponto de cordeiro ruim e a falta de uma limpeza.

A skatista se emocionou e Helena Rizzo chegou até mesmo a oferecer a ela um estágio em seu restaurante.

Fiquei impressionada contigo no programa desde o primeiro dia. Você é muito criativa. Boto a maior fé em você. As portas da minha cozinha estão abertas pra ti. Eu te ofereço um estágio no Maní, se é isso que tu quer", declarou Helena.

Fogaça declarou que ela era uma "pedra preciosa a ser lapidada".

Na próxima terça-feira, Isabella, Eduardo e Kelyn disputam a grande final da temporada.

Confira o que aconteceu no episódio de hoje do "MasterChef Brasil"

Na última prova da temporada, os competidores receberam uma caixa misteriosa com ingredientes todos de cor branca. Além disso, eles receberam uma caixa de corantes, em pó e em gel, e deveriam fazer uma receita que tivesse cor, ao invés de uma prevalecência branca.

Daphne, vencedora da prova de semana passada, ficou com uma caixa dourada. A ex-Masterchef kids ganhou, então, folhas de ouro, mas não as usou.

Eduardo foi o primeiro a se apresentar. O garoto criou uma viera com cúrcuma, palmito com açaí, coco caramelado, cebola e queijo de cabra. Os chefs gostaram da combinação de doce e salgado que o prato dele trouxe e a "brincadeira" de texturas. Edu recebeu elogios por ter usado bem as duas caixas e pela inspiração.

Kelyn veio na sequência com um purê de couve-flor, vieira grelhada, anel de lula e palmito, tudo evocando frutos do mar. Ela confessou não ter gostado do prato e ter se enrolado na montagem, mas foi elogiada pela textura e pela tonalidade do sabor. Ainda a sugeriram ter feito um molho - que ela tentou fazer, mas se atrapalhou.

Isabella apostou em um purê de couve-flor, molho de peixe linguado e farofa. Ela recebeu elogios pelo purê e pela força que ele trouxe com a pimenta. O prato de Isa foi considerado muito saboroso, mas que pecou pela apresentação "abstrata" e que não valorizou as cores, como pedido pelos chefs.

Última a levar seu prato, Daphne apresentou um linguado com urucum, molho de coco e beterraba e uma massa com recheio de queijo de cabra. Ela foi criticada por não ter provado o prato, mas elogiada pelo sabor, pelo tom do peixe considerado "muito bom" e pela massa. Assim como no caso de Kelyn, porém, os chefs consideraram que faltou um pouco de força.

Os chefs deliberaram e escolheram Isabella como a primeira finalista da 8ª temporada do "MasterChef Brasil", pelo melhor sabor no geral.

Prova de Eliminação

A última prova de eliminação da temporada consistia em fazer uma coroa de carré com cordeiro com acompanhamento e molho livre e, de sobremesa, uma pavlova, sobremesa com base de merengue e em forma de bolo.

Para saborear o prato, o programa recebeu a presença de Pabllo Vittar.

Mais uma vez, Kelyn se enrolou com o tempo, especialmente na hora de montar a pavlova, que escolheu fazer separada. Ela só conseguiu usar apenas uma das placas de merengue que tinha.

Eduardo foi o primeiro a se apresentar. Ele fez seu carré de cordeiro com cuscuz marroquino, molho de vinho e pavlova de frutas amarelas. O ponto do cordeiro dele foi considerado perfeito, o molho precisando de mais redução e uma pavlova deliciosa. Ele fez um bom trabalho no geral.

Kelyn foi a segunda. Ela fez de acompanhamentos com o carré uma farofa de pistache e hortelã e arroz de passas. O prato principal foi muito elogiado pelo sabor e principalmente pelo ponto da carne, mas criticada pela sobremesa, devido ao merengue que não deu certo. No geral, seu banquete foi apontado por lembrar uma ceia de natal.

Daphne fez um molho com vinho e creme de leite e uma salada de quinoa para acompanhar o carré e uma pavlova de frutas vermelhas. A salada foi muito elogiada, bem como a sobremesa, considerada agradável. Sua principal crítica foi quanto ao ponto do cordeiro.

Ela foi a última eliminada do programa.