PUBLICIDADE
Topo

Cantor de pagode morre em desabamento de prédio em BH; banda lamenta

André Luiz fazia parte do grupo de pagode PDA - Reprodução/Facebook
André Luiz fazia parte do grupo de pagode PDA Imagem: Reprodução/Facebook

De Splash, em São Paulo

08/12/2021 12h30Atualizada em 09/12/2021 14h23

O cantor André Luiz Claudino, do grupo de pagode PDA, era uma das vítimas do desabamento de um prédio em Belo Horizonte ontem, segundo o líder da banda. Uma criança de 1 ano e oito meses também estava entre as vítimas sem vida.

André era vocalista do grupo PDA. O conjunto musical de pagode lamentou a morte do músico pelas redes sociais.

A família PDA está de luto por você, nosso eterno cantor, Dezim. PDA

Filipe Maciel, líder do grupo, disse a Splash que eles estão organizando um samba beneficente para a família e que ocorrerá o lançamento de "Algema", single gravado pelo grupo antes da morte do vocalista.

Todos os shows dessa semana foram cancelados. . Vamos lançar em nome do nosso cantor. Nossa data de um ano será ano que vem, então estavamos planejando a festa junto com o lançamento da nossa música gravada na voz do nosso cantor. Filipe Maciel

O prédio de quatro andares desabou no início da madrugada de ontem em Belo Horizonte e atingiu um sobrado de três andares e algumas casas vizinhas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, outros três adultos foram resgatadas e encaminhadas as unidades hospitalares. O desabamento aconteceu na rua Gonçalo de Souza Barros, no bairro Jaqueline, pouco depois da meia-noite de ontem.

A edificação de quatro andares estava em obras e, por isso, vazia. Já o sobrado ao lado era ocupado por três famílias.

André era o padrasto da mãe da criança, ou seja, companheiro da avó da menina.

A última publicação do grupo contava com André, conhecido como Dezim, cantando "Pouco a Pouco", música de Dilsinho.

O velório de André será hoje a partir das 13h (de Brasília) no cemitério Belo Vale, em Santa Luzia, com o sepultamento previsto para às 15h, segundo o PDA.

Em entrevista a TV Globo, Laércio Claudino, pai do músico, disse que estava com o coração partido.

"Meu filho era um excelente pai, um excelente filho, perdi uma joia muito preciosa", afirmou.