PUBLICIDADE
Topo

Ridley Scott xinga repórter após crítica sobre seu filme: 'Vá se f*der'

Ridley Scott mandou repórter ir se "f*der" - Christian Alminana/Getty Images for Cannes Lions
Ridley Scott mandou repórter ir se 'f*der' Imagem: Christian Alminana/Getty Images for Cannes Lions

Colaboração para Splash, em Alagoas

06/12/2021 08h31

O renomado diretor de cinema Ridley Scott, de 84 anos, mandou um repórter russo ir se "f*der", após o profissional fazer um comentário crítico sobre seu filme "O Último Duelo" e comparar a obra com outros filmes históricos produzidos pelo cineasta.

Durante uma entrevista com o diretor, o jornalista Anton Vladimirovich Dolin disse, em tom elogioso, considerar que "O Último Duelo" possui uma maior precisão histórica quando comparado com "Cruzada" e "Robin Hood", dois filmes dirigidos por Scott. Em resposta, o cineasta declarou: "Vá se f*der".

"O Último Duelo", filme lançado neste ano por Ridley Scott, é um épico medieval, que conta a história de um duelo ocorrido no século 14, a partir da perspectiva de três pessoas no centro do embate. Com um elenco de peso (Matt Damon, Adam Drive, Jodie Comer, Ben Affleck, entre outros), o título recebeu críticas variadas, mas foi um verdadeiro fracasso de bilheterias — para Scott, a péssima performance nas salas de exibições é "culpa" da geração millenial.

Nas últimas semanas, Ridley Scott tem sido notícia constante na imprensa, sobretudo graças a seu novo filme, "Casa Gucci", em exibição nos cinemas, sobre o crime real que matou o herdeiro da grife italiana, Maurizio Gucci. Com um elenco repleto de estrelas composto por nomes como Lady Gaga, Adam Driver, Al Pacino, Jared Leto, Salma Hayek, entre outros, o título desagradou os herdeiros da Gucci, que querem ir à Justiça contra o cineasta.