PUBLICIDADE
Topo

Caçador de cobras sofre acidente em rodovia e quase perde a perna nos EUA

Caçador de cobras quase perdeu a perna em acidente em rodovia na Flórida - Reprodução/Instagram e GoFundMe
Caçador de cobras quase perdeu a perna em acidente em rodovia na Flórida Imagem: Reprodução/Instagram e GoFundMe

De Splash, em São Paulo

04/12/2021 13h05Atualizada em 04/12/2021 13h05

Dusty Crum, astro da série "Caçadores de Pítons'", do Discovery, se envolveu em um acidente grave na Flórida, nos Estados Unidos que quase fez com que ele perdesse a perna direita. O caso ocorreu em novembro, mas só foi divulgado pela imprensa internacional hoje.

Segundo o site de notícias TMZ, o caçador de cobras estava dirigindo um caminhão em uma rodovia quando o pneu explodiu. Ele perdeu o controle e o veículo, que capotou por três vezes.

De acordo com relato de Crum para a publicação, a perna dele saiu pela janela e foi esmagada pelo peso do próprio caminhão. Apesar da dificuldade, ele conseguiu puxar a perna de volta para dentro enquanto o veículo continuava rodando.

Crum ainda contou que, em dado momento, ele utilizou a própria camisa para estancar o sangramento. Ele disse que tentava se manter acordado esperando os paramédicos no acostamento.

O acidente causou sérios danos à perna direita e ao joelho de Crum. Ele foi levado de avião para um hospital na área de Fort Meyers, onde os médicos o submeteram a cinco procedimentos cirúrgicos diferentes - e conseguiram salvar a perna do caçador.

Ainda, segundo a publicação, Crum já está há quase quatro semanas no hospital e é esperado que ele vá para uma clínica, onde deve receber atendimento especializado.

O caçador de cobras não possui plano médico e um amigo iniciou uma campanha de arrecadação online para conseguir cobrir as despesas da internação. Eles já conseguiram arrecadar US$ 16,3 mil (cerca de R$ 92 mil, na cotação atual) da meta de R$ 20 mil (R$ 113 mil).

Na série exibida pelo Discovery, Crum e a equipe dele tentam controlar a população do píton-da-birmânia, uma espécie de cobra originária do Sudeste Asiático que chegou aos Estados Unidos como animal de estimação e acabou tornando-se uma praga no Parque Nacional Everglades, na Flórida.