PUBLICIDADE
Topo

George Clooney diz que negou oferta de R$ 198 milhões para fazer comercial

O ator George Clooney - HENRY NICHOLLS/Reuters
O ator George Clooney Imagem: HENRY NICHOLLS/Reuters

De Splash, em São Paulo

03/12/2021 09h57

George Clooney recusou US$ 35 milhões (cerca de R$ 198 milhões) por um dia de trabalho em uma propaganda de uma companhia aérea.

Em entrevista ao The Guardian, sem revelar o nome da empresa, o ator contou que analisou a proposta ao lado da mulher, Amal, e achou melhor recusar a quantia milionária por conta de outras ações da marca.

Me ofereceram US$ 35 milhões por um dia de trabalho em um comercial de uma companhia aérea, mas conversei com Amal [Clooney, a advogada de direitos humanos com quem se casou em 2014] sobre isso e decidimos que não vale a pena. Era [associado a] um país que, embora seja um aliado, às vezes é questionável, então pensei: 'Bem, se tirar um minuto de sono longe de mim, não vale a pena'. disse

"Sabe de uma coisa? Acho que agora tenho dinheiro suficiente", completou Clooney.

Vida longe dos holofotes

Durante a quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus, George Clooney e a esposa foram os únicos responsáveis pela criação dos filhos, os gêmeos Alexander e Ella.

Ainda na entrevista ao portal britânico, o ator fez questão de negar que a família tenha um exército de babás para cuidar das crianças.

Não fazemos isso, porque é muito importante para Amal [estar envolvida]. Temos uma babá quatro dias por semana e o resto do tempo somos só nós. E durante o bloqueio éramos apenas nós - por um ano inteiro! Eu me sentia como minha mãe em 1964, lavando louça e seis cargas de roupa por dia. brincou

George Clooney e Amal estão juntos desde 2014.