PUBLICIDADE
Topo

Após denúncia de agressões, Duda Reis planeja instituto de apoio a mulheres

Duda Reis quer ajudar mulheres que passaram por situações semelhantes à sua - Reprodução/Instagram
Duda Reis quer ajudar mulheres que passaram por situações semelhantes à sua Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

02/12/2021 09h31

Duda Reis, 20 anos, revelou que tem planos de abrir uma instituição com foco em mulheres vítimas de agressões e violências domésticas. No início deste ano, a modelo acusou o ex-noivo Nego do Borel de estupro e ameaças.

Em entrevista ao quadro "Cartas para Pepita", da Mulher Pepita, Duda contou que a ideia é ajudar mulheres que passam ou já passaram por situações semelhantes e não têm coragem de falar ou denunciar os abusos.

"Desde que denunciei, recebo mensagens todos os dias, de diversas mulheres. É tudo muito real. Tem gente que acha que é pela criação, por ser, de fato, algo estrutural. Que acha que é bobeira, 'mimimi', invenção. Mas não é", afirmou a modelo.

Duda Reis e Nego do Borel se relacionaram de fevereiro de 2019 a dezembro de 2020. Após o término, a modelo registrou um boletim de ocorrência contra o cantor no qual relata ter sido vítima de estupro e ameaças.

Em setembro deste ano, o ex-participante da "Fazenda" foi indiciado por violência doméstica — ele já havia sido denunciado pelo mesmo crime anteriormente, em 2013.