PUBLICIDADE
Topo

'La Casa de Papel': o que você precisa lembrar antes de ver a parte final

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

01/12/2021 04h00

A parte 5 de "La Casa de Papel" estreou em 3 de setembro, mas a série ainda não acabou. Os episódios finais chegam três meses depois, na próxima sexta-feira (3). Para ajudar os maratonistas de plantão, vamos relembrar o que rolou no volume 1 da temporada.

Continua depois da publicidade

Prepare a pipoca!

Recapitulando...

A parte 5 começa tensa, retomando o encontro do Professor (Álvaro Morte) com a inspetora Alícia Sierra (Najwa Nimri). Capturar o líder do bando é a última tentativa de Sierra para limpar a barra com a polícia, já que ela foi denunciada por tortura com a captura de Rio na temporada 4.

Divulgação/Netflix - Divulgação/Netflix
Imagem: Divulgação/Netflix
Continua depois da publicidade

De repente...

O inesperado (não para o público). Depois de passar duas temporadas grávida, Sierra dá à luz justamente enquanto está com o Professor. E ele a ajuda no parto. A conexão inesperada pode trazer mais uma aliada para o bando dele, apesar de isso não ficar tão claro nos 5 episódios iniciais.

No banco, assim que Lisboa (Itziar Ituño) chega, o bando se dá conta de que a polícia não capturou o Professor. Como estratégia, eles libertam o segurança Gandía (José Manuel Poga). Já fora, ele ajuda a polícia com os mapas do banco. Mas, antes, Arturo (Enrique Arce) convoca uma rebelião dos reféns.

Arturo, sempre ele! O personagem mais odiado pelo público da série lidera uma rebelião e aproveita para se vingar de Denver (Jaime Lorente), que ficou com a ex-amante dele, Estocolmo (Esther Acebo). Os reféns conseguem pegar as armas do bando, e ele dispara ofensas a Denver e à ex, que atira nele.

Continua depois da publicidade
Tamara Arranz/Netflix - Tamara Arranz/Netflix
Imagem: Tamara Arranz/Netflix

Enquanto isso, Palermo (Rodrigo de La Serna) tenta mobilizar e reorganizar o bando dentro do Banco da Espanha. O objetivo ainda é derreter o ouro, mas quando o Exército invade o local todas as forças deles se concentram no embate, que vai continuar na segunda parte da temporada.

Tamara Arranz/Netflix - Tamara Arranz/Netflix
Imagem: Tamara Arranz/Netflix

No embate com o exército, Helsinki (Darko Peric) fica muito ferido e precisa de cuidados especiais. Estocolmo fica responsável por cuidar dele. Dopada de analgésicos, ela deixa a sala em que está o amigo e vai para outro cômodo. Fica a expectativa sobre se o grandalhão vai escapar vivo do assalto.

Tamara Arranz/Netflix - Tamara Arranz/Netflix
Imagem: Tamara Arranz/Netflix
Continua depois da publicidade

O auge da temporada é a morte de Tóquio (Úrsula Corberó). Encurralada pelo Exército na cozinha do Banco da Espanha, e já ferida por tiros, Tóquio tenta salvar a vida de Manila (Belén Cuesta) e Denver, e acaba morta. Em seu ato final, ela atrai Gandía para perto e explode uma bomba junto ao corpo.

A maior heroína e o grande vilão da série morrem juntos!

Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Em flashbacks, é mostrado o encontro de Berlim (Pedro Alonso) com seu filho, Rafael (Patrick Criado), criando uma narrativa completamente paralela que leva a crer que o rapaz aparecerá em algum momento nos episódios finais para ajudar no assalto.

Divulgação/Netflix - Divulgação/Netflix
Imagem: Divulgação/Netflix
Continua depois da publicidade

Diferentemente dos primeiros episódios, que foram liberados para a imprensa, a segunda parte da temporada 5 de "La Casa de Papel" segue guardada a sete chaves. O final definitivo da série será inédito para público e crítica no dia 3 de dezembro, na Netflix.