PUBLICIDADE
Topo

Como Marília Mendonça surpreendeu a mãe com a ajuda de Maurício Manieri

Marília Mendonça com Maurício Manieri no casamento da mãe da cantora em 2018. - Reprodução/Instagram
Marília Mendonça com Maurício Manieri no casamento da mãe da cantora em 2018. Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

De Splash, em São Paulo

30/11/2021 04h00

Maurício Manieri viveu uma história curiosa com Marília Mendonça, que morreu aos 26 anos em uma tragédia de avião no início do mês. O intérprete de "Bem Querer" foi o convidado surpresa do casamento da mãe da cantora, Ruth Moreira, em novembro de 2018 em Goiânia.

"Quando Marília era pequena, a mãe dela ficava escutando as minhas músicas e ela me conhecia por isso. Ela sabia que a mãe era minha fã e falou: 'vou fazer uma surpresa e levar o Maurício Manieri ao casamento'. Foi muito bonito. Ela cantou com a mãe, que ficou emocionada. Deu para perceber o amor da filha pela mãe", conta o músico em entrevista a Splash.

Foi na celebração que Manieri conheceu Marília Mendonça pessoalmente. Ele se recorda da conversa que os dois tiveram. "Um mês antes [do casamento] eu tinha visto ela cantando uma música minha na internet, 'Bem Querer', e fiquei impressionado pelo talento dela. Não é uma música simples de interpretar. Até brinquei com ela, disse: 'você cantou melhor do que eu'".

Conheci a Marília nessa noite. Ela me recebeu com muito carinho. Era uma menina simples e graciosa. Ela entrou no carro que eu tinha chegado e falamos sobre a vida, família, carreira. Já me encantei por ela. Fiquei fã dela naquele momento, rezando para que tudo desse certo na vida dela. Infelizmente aconteceu esse acidente.

Marília Mendonça com Ruth Moreira; a cantora levou Maurício Manieri ao casamento da mãe. - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Marília Mendonça com Ruth Moreira; a cantora levou Maurício Manieri ao casamento da mãe.
Imagem: Reprodução/Instagram

O encontro de Maurício Manieri com a rainha da sofrência foi registrado em vídeo, que ele recuperou para homenagear a cantora após a morte dela. Foi a primeira e última vez que os dois se viram. Ele a convidou para a gravação de seu DVD, o que não aconteceu.

"Cogitamos a participação dela no meu DVD, mas ela tinha show e se desculpou. Tenho certeza que se pudesse ela teria ido", diz.

Assista ao vídeo de Marília Mendonça com Maurício Manieri no casamento:

Show em dezembro

Maurício Manieri se prepara para fazer um show da turnê Classics — o mesmo nome do DVD do cantor, gravado antes da pandemia e com participações de nomes como Ivete Sangalo, Daniel e Chitãozinho e Xororó — no Espaço das Américas, no dia 12 de dezembro, em São Paulo.

Além de interpretar músicas da própria carreira, o artista revisita canções que marcaram a sua vida. Para ele, a apresentação tem um sabor até de nostalgia por ser, de alguma forma, um retrato musical autobiográfico.

"Quando canto Phill Collins, me vem a lembrança do bailinho em que eu estava no bairro onde eu morava. Tudo me remete a momentos bons da minha vida. É muito gostoso, leve, divertido. Eu mesmo viajo no show que eu faço. As pessoas se emocionam muito. Quando olho para os fãs, eles estão entrando naquela viagem. Quem for vai entender do que se trata", afirma.

Pai e filho: juntos no palco e na vida

Maurício Manieri com o filho, Marco Manieri: os dois são palmeirenses. - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Maurício Manieri com o filho, Marco Manieri: os dois são palmeirenses.
Imagem: Reprodução/Instagram

A apresentação Classics também terá uma participação especial: a do filho do cantor, Marco Manieri, de 11 anos. O cantor já mostrou aos seguidores do Instagram um pouco dos ensaios com o adolescente.

"O meu filho é uma estrela no palco. O Marco é impressionante. Um dia postei uma foto dele e teve meio milhão de curtidas. Uma coisa absurda! Ele está acostumado a subir no palco. Tenho vídeo dele no meu outro DVD bebezinho. Modéstia à parte, ele é muito carismático e bomba nas redes sociais", diz.

Manieri diz que procura ser um pai amigo e que gosta de dar muito beijo e abraço. Foi com o pai que o adolescente aprendeu a jogar futebol — o garoto joga na escolinha do Palmeiras — ping pong e, como diz o cantor, "os valores da vida". Se vai ser música como ele? O pai não sabe: "Ele é talentosíssimo, toca piano e dança. Perguntei se ele quer ser artista, e ele falou: 'não, quero ser jogador de futebol. Sou o maior torcedor dele em campo'".

Temos uma relação muito gostosa. Meu filho nunca me deu trabalho. Uma criança maravilhosa. Sou agradecido a Deus por tê-lo em minha vida. Perdi o meu irmão e Deus me deu o Marco.