PUBLICIDADE
Topo

'O SBT não sabe fazer jornalismo', diz Feltrin após final da Libertadores

Colaboração para Splash, em São Paulo

30/11/2021 15h31

A transmissão da competição entre Palmeiras e Flamengo na final da Libertadores rendeu para o SBT no sábado (27) seu melhor desempenho em audiência em 19 anos. Com 27,3 pontos de média, a emissora de Silvio Santos atropelou a Globo, mas foi a emissora vizinha que realizou uma cobertura jornalística completa após a vitória do Palmeiras, mostrando a festa da torcida em São Paulo e incluindo uma entrevista com Deyverson, do clube campeão, no "Mais Você".

Para os apresentadores do podcast "Splash Vê TV", o SBT não soube aproveitar a grande audiência e, no fim das contas, saiu perdendo.

Eu acho humilhante a Ana Maria Braga estar tomando café com o Deyverson, do Palmeiras, enquanto no SBT passa a Patricia Abravanel discutindo qualquer bobagem. O SBT não sabe fazer jornalismo. Ricardo Feltrin, colunista de Splash

Feltrin cita os riscos que a emissora de Silvio Santos corre por não ter aproveitado a vitória do Palmeiras para mostrar a festa dos torcedores, assim como a Globo fez durante a madrugada de segunda-feira (29).

Pagaram uma fortuna e correm o risco de perder a Libertadores. Isso é péssimo para os patrocinadores. Pode ser que daqui a dois anos a Globo consiga pegar a transmissão da competição de novo.

Uma enquete feita por Splash no Instagram mostrou que 52% do público gostou de acompanhar a final da Libertadores no SBT e não sentiu falta da narração de Galvão Bueno, da Globo.

Pela enquete deu para ver que as pessoas gostaram de ver o jogo no SBT. Eles podiam ter continuado nesse caminho e feito uma cobertura incrível. Ver essa cobertura na outra emissora, que não tinha os direitos da transmissão, é humilhante, mas eu não sei se eles captam isso já que o jornalismo no SBT não existe. Marcelle Carvalho, colunista de Splash

'Splash Vê TV'

Apresentado por Débora Miranda ao lado de Aline Ramos, Cristina Padiglione e Marcelle Carvalho, o podcast "Splash Vê TV" vai ao ar às terças-feiras, 13h, no YouTube e demais plataformas de áudio.