PUBLICIDADE
Topo

2 anos sem Gugu: filhos buscam diálogo após briga por herança de R$ 1 bi

Gugu ao lado dos filhos João Augusto, Marina e Sofia - Reprodução/Instagram
Gugu ao lado dos filhos João Augusto, Marina e Sofia Imagem: Reprodução/Instagram

Weslley Neto

De Splash, em São Paulo

21/11/2021 04h00

A herança de R$ 1 bilhão deixada por Gugu Liberato dividiu a família e os filhos do apresentador, que sinalizam uma reaproximação. Ele morreu aos 60 anos em novembro de 2019, há exatos 2 anos, após uma queda em sua casa nos EUA.

Uma das filhas gêmeas do apresentador, Marina Liberato, disse ter feito as pazes com o irmão, João Augusto Liberato, após a discussão pública por conta da divisão de bens. "Falei com ele hoje", garantiu.

Marina voltou a seguir João Augusto no Instagram. O jovem também passou a acompanhar a irmã novamente na rede social.

Os desencontros marcaram o relacionamento entre os filhos de Gugu recentemente. João Augusto, o mais velho do trio, completou 20 anos no dia 10 de novembro e celebrou com a mãe, Rose Miriam di Matteo, e a noiva, Gracie. A ausência das irmãs de 17 anos chamou a atenção nas redes sociais.

Sofia Liberato também mostrou um sinal de reconciliação. Apesar de não participar da comemoração, ela celebrou o aniversário de João Augusto nas redes sociais.

"Aniversário do meu irmãozinho que já está fazendo 20 anos. Te amo muito!", escreveu nos Stories do Instagram, na legenda de uma montagem com fotos em que aparece ao lado de João e da irmã gêmea, Marina, em diferentes fases da vida.

Sofia Liberato homenageou o irmão na web - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Sofia Liberato homenageou o irmão
Imagem: Reprodução/Instagram

Em setembro, Sofia e Marina estiveram em uma comemoração do aniversário de Rose Miriam, que completou 58 anos. Elas posaram para fotos ao lado da mãe, e João Augusto não esteve presente no local.

O trio não posa para um registro desde as discussões públicas envolvendo a tia, Aparecida Liberato, acusada pelas filhas do apresentador de manipulações e mentiras. As gêmeas apoiam a mãe no pedido do reconhecimento da união estável entre Rose e o apresentador.

Desentendimentos na família de Gugu

A divisão da herança de Gugu Liberato voltou a ser assunto em julho deste ano, quando as gêmeas Sofia e Marina Liberato, filhas do apresentador, foram emancipadas aos 17 anos e decidiram apoiar a mãe no processo de reconhecimento da união estável.

O filho mais velho do apresentador, João Augusto Liberato, declarou apoio a Aparecida Liberato no caso, questionando a atitude das irmãs e criticando a mãe, Rose Miriam.

Fico triste e indignado em ver as mentiras e a nova manipulação que vêm sofrendo as minhas irmãs, duas adolescentes, que não percebem que as pessoas estão atendendo seus próprios interesses. Se tivessem mais idade e experiência perceberiam, sem dúvida.
João Augusto Liberato

A questão virou tema nas redes sociais após o vazamento do vídeo em que Sofia e Marina acusam Aparecida Liberato de manipulação e mentiras. As duas declararam reconhecer a união estável entre Gugu e Rose Miriam.

Em parte do relato, Sofia desabafou sobre a forma como as duas eram tratadas pela tia. Ela lembrou que Aparecida negou a compra de um Porsche. "Era o que eu sempre sonhei", disse a filha do apresentador.

Eu pedi para a minha tia a Porsche que eu sempre sonhei ter. Ela disse que falou com a promotora e ela disse que eu não poderia ter esse carro por ser de luxo para uma criança de 17 anos e também ser muito caro. Eu achei isso muito estranho, mas achei um carro mais barato. Acabei comprando um pela metade do preço. Realmente não fiquei feliz.
Sofia Liberato

Em contato com Splash, a defesa de Marina e Sofia optou por não comentar sobre um possível rompimento familiar causado pelas divergências sobre o processo.

Declarações vazadas

Marina e Sofia explicaram em vídeos que a compra do carro, citada na gravação anterior, traz um "assunto mais sério" por trás. Elas alegaram que o conteúdo publicado sem autorização mostra falas "fora de um contexto".

Nelson Willians, que também é advogado das gêmeas, informou a Splash na ocasião que entrou com uma petição pedindo que a Justiça "tome providências a evitar que tais situações se repitam e que seja realizada a devida apuração para se averiguar o responsável pelo vazamento".

Decisões da Justiça envolvendo Rose Miriam

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) rejeitou recentemente o pedido de pensão alimentícia de R$ 100 mil mensais feito por Rose Miriam Souza di Matteo. A decisão, à qual Splash teve acesso, determinou também que a médica receba o valor de US$ 10 mil (cerca de R$ 56 mil) por mês.

Não é a primeira decisão judicial envolvendo a mãe dos filhos do apresentador. Em fevereiro de 2020, a Justiça brasileira deu parecer favorável para que a Justiça norte-americana expulsasse Gianfrancesco Di Matteo, irmão de Rose Miriam, da mansão de Gugu, localizada em Orlando (EUA).

No mesmo mês, a defesa de Rose Miriam afirmou que o valor da pensão US$ 10 mil, definido até aquele momento, não era paga. Em uma tréplica, os advogados que representam o espólio de Gugu garantiram que o repasse era realizado.

A primeira contestação da herança

Gugu Liberato deixou 75% do se patrimônio, avaliado em R$ 1 bilhão, para os três filhos e os 25% restantes para os cinco sobrinhos.

Rose Miriam entrou com um processo buscando o reconhecimento da união estável em março de 2020. Com a ligação reconhecida pela Justiça, ela também teria direito a uma parte do valor descrito no testamento de Gugu.

O pedido foi questionado pelo advogado Dilermando Cigagna Júnior, responsável pelo espólio do apresentador. Maria do Céu, mãe de Gugu, chegou a declarar em entrevista ao "Fantástico" que os dois não tinham um relacionamento.

Em dezembro de 2019, Nelson Wilians, advogado de Rose Miriam Di Matteo, disse em entrevista à revista Veja que a médica não apareceu no testamento porque o casal "não estava bem" quando o documento foi redigido.

Desistência de Thiago Salvático

O chef de cozinha Thiago Salvático também entrou com uma ação buscando o reconhecimento de uma união estável com Gugu. Ele alegou ter mantido um relacionamento com o apresentador por oito anos.

Thiago desistiu da solicitação em junho de 2020 alegando "questões de foro íntimo". Nelson, advogado de defesa de Rose Miriam, comentou oficialmente sobre o tema na época.

Desde o início afirmei que o aparecimento repentino desse senhor só tinha a finalidade de tumultuar o processo principal, que é o reconhecimento de União Estável da viúva Rose Miriam com Gugu Liberato; além de provocar imenso desconforto a seus familiares e ir contra os desejos do próprio apresentador.
Nelson Willians, advogado de Rose Miriam

Discussão de uma nova prova

Em setembro de 2020, Rose Miriam apresentou um novo documento para comprovar a união estável com o apresentador. A novidade foi anunciada em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo.

Em 2016, para que Rose e os filhos conseguissem o Green Card para morar nos Estados Unidos, Gugu escreveu um documento afirmando que ela era sua companheira (a palavra usada em inglês foi "partner").

"Esse é o Santo Graal das provas. Ele declara neste documento, sob pena de cometer perjúrio, de que ela era sua companheira de longos anos", disse Nelson Willians em entrevista ao "Fantástico".

O documento foi incorporado à ação judicial. Segundo o programa da TV Globo, os advogados da família de Gugu discordaram e analisaram as alegações como "fanfarronices" que visam "induzir a erro a opinião pública que desconhece o processo".