PUBLICIDADE
Topo

Will Smith revela que se apaixonou por colega de filme enquanto era casado

O ator norte-americano Will Smith - Getty Images
O ator norte-americano Will Smith Imagem: Getty Images

Colaboração para Splash, em São Paulo

03/11/2021 17h01

Will Smith está compartilhando seu lado mais vulnerável e suas novas memórias em seu novo livro 'Will'. Dentre essas histórias, o ator revelou como ele "se apaixonou" por Stockard Channing, nas gravações do filme 'Seis Graus de Separação', durante seu primeiro casamento.

Smith, que havia acabado de ver seu filho Trey nascer, fruto de seu relacionamento com sua então esposa Sheree Zampino, permaneceu no personagem mesmo fora do set de filmagem em 1993. No entanto, à medida que seus sentimentos por Channing cresciam, o relacionamento entre eles permanecia profissional.

"Sheree e eu estávamos nos primeiros meses de nosso casamento com um bebê recém-nascido e, para Sheree, posso imaginar que essa experiência foi no mínimo perturbadora. Ela se casou com um cara chamado Will Smith e agora estava morando com um cara chamado Paul Poitier (nome de seu personagem no filme). E para piorar as coisas, durante as filmagens me apaixonei por Stockard Channing", escreve Smith em seu livro - este é um trecho que a revista People recebeu.

Além disso, o ator também escreve sobre como descobriu que havia se apaixonado por sua colega de elenco. "Depois que o filme acabou, Sheree, Trey e eu voltamos para Los Angeles. Nosso casamento teve um começo difícil. Eu me descobri desesperadamente desejando ver e falar com Stockard", revelou.

No livro 'Will', Smith conta diversas histórias sobre sua vida pessoal. É um olhar sobre sua infância difícil; o fim de seu relacionamento com Zampino; seu casamento de 23 anos com Jada Pinkett Smith; e sua jornada como pai para Trey, Jaden e Willow.

Apesar de suas décadas de sucesso na indústria cinematográfica, Will diz que ele valoriza muito seus relacionamentos pessoais. "Amar e ser amado é a maior recompensa humana", completou.