PUBLICIDADE
Topo

Caitlyn Jenner diz que OJ Simpson avisou que mataria Nicole sem ser preso

Caitlyn Jenner falou sobre o caso no "Big Brother VIP Australia" - Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic
Caitlyn Jenner falou sobre o caso no "Big Brother VIP Australia" Imagem: Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic

De Splash, em São Paulo

03/11/2021 15h36

Confinada no "Big Brother VIP Austrália", Caitlyn Jenner decidiu falar com os colegas de programa sobre o caso OJ Simpson, que acompanhou de perto:

"Obviamente foi ele e ele conseguiu se safar. Uma vez ele até falou para a Nicole: 'Eu vou te matar e não serei preso porque eu sou OJ Simpson'", afirma a socialite.

Em 1994, o então astro do futebol americano OJ Simpson foi acusado de matar a facadas sua ex-mulher, Nicole Brown, e o amigo dela, Ron Goldman. Em 1995, ele foi declarado inocente, mas o caso é polêmico até hoje.

Na época do crime, Caitlyn Jenner ainda não havia feito a transição de gênero e era casada com Kris Jenner, com quem teve duas filhas: Kylie e Kendall Jenner. O ex-marido de Kris, Robert Kardashian, foi o advogado de OJ Simpson. Caitlyn relembra o julgamento:

Na verdade, nós estávamos lá... E foi uma época extremamente difícil. Nicole era a melhor amiga de Kris há muito tempo. Eu fui à casa de Nicole dois dias antes do assassinato. Caitlyn Jenner

Kim Kardashian, filha de Kris Jenner e Robert Kardashian, também já falou sobre como o julgamento de OJ Simpson dividiu sua família: enquanto o pai defendia o atleta, a mãe se posicionou ao lado das famílias das vítimas. No "Big Brother VIP Australia", Caitlyn recorda:

"Mesmo depois do veredito de inocente, Kris virou para mim e disse: 'Nós devíamos ter escutado a Nicole, ela estava certa desde o início'. Foi muito, muito, muito triste."