PUBLICIDADE
Topo

Alexandre Garcia e Caio Coppolla são contratados pela Jovem Pan News

Os comentaristas Alexandre Garcia e Caio Copolla foram contratados pela Jovem Pan - Reprodução: Instagram
Os comentaristas Alexandre Garcia e Caio Copolla foram contratados pela Jovem Pan Imagem: Reprodução: Instagram

Colaboração para Splash

01/11/2021 07h42Atualizada em 01/11/2021 10h34

O empresário Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, conhecido como Tutinha, anunciou a contratação dos comentaristas Alexandre Garcia e Caio Coppolla para integrar o time de funcionários da Jovem Pan News, emissora que estreou recentemente na TV fechada.

Em seu perfil no Instagram, o CEO do grupo Jovem Pan confirmou as novidades, classificadas por ele como "presentes para os ouvintes e telespectadores" da emissora.

Segundo a Jovem Pan, Caio comandará um novo programa, intitulado "Boletim Copolla", com estreia prevista este mês. A atração, que será exibida no horário nobre, irá ao ar na TV, na rádio e também no aplicativo Panflix, além de haver transmissão no canal do YouTube do comentarista. Em relação a Alexandre Garcia, ainda não há informações sobre estreia e de qual programa ele participará.

Alexandre Garcia e Caio Coppolla faziam parte do time de comentaristas da CNN Brasil e se notabilizaram pela defesa ferrenha do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e por atacar as medidas sanitárias adotadas durante a pandemia de coronavírus no Brasil.

Garcia foi dispensado da CNN Brasil no final de setembro pouco antes de ser desmentido ao vivo pela própria emissora, que justificou a demissão pelas posições adotadas pelo jornalista, que vão contra a ciência e em defesa de tratamento precoce sem eficácia comprovada contra a covid-19.

Já Caio Coppolla deixou a CNN Brasil na semana passada, após o fim do contrato. Em comunicado à imprensa, a empresa afirmou que a decisão foi tomada em comum acordo por ambas as partes.

No Instagram, Coppolla celebrou o retorno à Jovem Pan, classificada por ele como uma empresa "ao mesmo tempo tradicional e disruptiva".