PUBLICIDADE
Topo

Zezé Motta lembra ataques racistas por par romântico com Marcos Paulo na TV

Zezé Motta recorda par romântico com Marcos Paulo  - Divulgação: Globo
Zezé Motta recorda par romântico com Marcos Paulo Imagem: Divulgação: Globo

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

28/10/2021 17h46

A atriz Zezé Motta recordou o par romântico que viveu com Marcos Paulo na novela "Corpo a Corpo", de Gilberto Braga - autor que morreu esta semana. A atriz lamenta que o casal da ficção não agradou ao público da década de 80 e muitos foram os ataques racistas sofridos pela artista.

Em seu perfil no Instagram, a artista publicou o relato sobre a trama. "Em 1984, Gilberto Braga trouxe em horário nobre a história de um amor multirracial. Sônia (Zezé Motta) e Cláudio (Marcos Paulo). O racismo foi discutido, falado e mais que comprovado. A ideia de Gilberto era exatamente essa! Adivinhem só, o casal não foi aceito pelo público", lembra.

A atriz fala também que uma pesquisa foi feita. "Naquele momento, um jornal ouviu telespectadores sobre o casal e ficaram todos espantados com as respostas que chegavam. Uma das pessoas dizia que Marcos deveria estar sem dinheiro para aceitar beijar uma negra na trama. O saudoso Marcos Paulo chegou a receber recados mal-educados de fãs em sua secretária eletrônica", lamenta.

Zezé conta, por fim, que a própria novela abordava o racismo presente na sociedade. "Não parou por aí... Na trama, a família do Cláudio era contra a Sônia. Principalmente o pai dela, que era interpretado pelo Hugo Carvana, e era uma coisa assim, sem pudor. Quando Cláudio perguntava ao pai o que ele tinha contra, o pai dizia: 'Não gosto, não quero que você se case com ela porque ela é negra. Não quero netos mulatinhos'", detalha.