PUBLICIDADE
Topo

Alec Baldwin ainda pode enfrentar acusação criminal por morte de Halyna

Colaboração para Splash

28/10/2021 10h12

A polêmica em torno da morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, vítima fatal de um tiro disparado acidentalmente pelo ator Alec Baldwin no set do filme "Rust", ganhou um novo e importante capítulo nos últimos dias.

Em coletiva de imprensa promovida ontem no condado de Santa Fé, onde ocorriam as filmagens, a promotora distrital Mary Carmack-Altwies e o xerife Adan Mendoza foram questionados sobre a possibilidade de Baldwin, 63 anos, enfrentar acusações criminais pelo incidente.

"Neste momento, todas as opções estão na mesa. Não comentarei sobre acusações, se elas serão apresentadas ou não, ou sobre quem. Não podemos responder a essa pergunta até que concluamos uma investigação mais completa. Ninguém foi descartado neste momento", afirmou Carmack-Altwies.

"Devo enfatizar que uma investigação completa é fundamental para a conclusão da polícia. Se os fatos, as evidências e a lei sustentarem acusações criminais, então eu iniciarei o processo neste momento", concluiu a promotora.

Há alguns dias, o chefe de eletricistas da produção de "Rust", Serge Svetnoy, publicou em suas redes sociais seu parecer sobre o caso e atribuiu a tragédia à falta de profissionalismo e negligência dos produtores.