PUBLICIDADE
Topo

Bianca Rinaldi vive Íris Abravanel no teatro e torce por Silvio na plateia

Bianca Rinaldi vive Íris Abravanel em musical dedicado a Silvio Santos
Bianca Rinaldi vive Íris Abravanel em musical dedicado a Silvio Santos
Instagram

Daniel Palomares

De Splash, em São Paulo

27/10/2021 04h00

Bianca Rinaldi precisou esperar 1 ano e sete meses para sentir novamente a emoção de subir ao palco. O musical "Silvio Santos Vem Aí" estreou em março do ano passado, dias antes do início da pandemia, e precisou ser suspenso até 15 de outubro deste ano quando voltou a entrar em cartaz.

É uma emoção muito grande. Quando tivemos que parar com o musical, sentimos o gostinho do quão bom seria o espetáculo. Saímos com a vontade de voltar. Tive que trabalhar bastante o controle das emoções. É um misto de euforia, alegria, nervoso.

Bianca Rinaldi

Continua depois da publicidade

Na peça, Bianca dá vida a ninguém menos do que Íris Abravanel, mulher de Silvio e consagrada autora do SBT. Em papo com Splash, a atriz conta como se preparou para viver a personagem e revela quem ela ainda espera ver na plateia.

A Dona Íris é muito reservada, não se expõe. Não conseguimos nos encontrar, mas busquei muito material na internet: vídeos, entrevistas... Falei com pessoas que tiveram contato com ela. Sempre foi ressaltado como ela é uma doce, o amor, respeito e cumplicidade com o Silvio.

Na mira do patrão

No fim de semana de estreia no ano passado, Silvio e a família não conseguiram ir ao teatro para conferir a peça. Bianca torce para que o apresentador consiga aparecer nas novas sessões, em cartaz até novembro em São Paulo, mas já fica feliz com a recepção de Silvio.

Todo mundo está retornando aos poucos. Acredito que eles da família irão [assistir à peça]. Quero muito que vejam. O Silvio sabe da existência, claro, a família falou com ele. Soube que ele já mandou colocar anúncios no SBT a todo o momento!

Continua depois da publicidade
hjtyytyt - Instagram - Instagram
Bianca Rinaldi nos bastidores de "Silvio Santos Vem Aí"
Imagem: Instagram

Transformações

O período da pandemia trouxe transformações significativas para a vida de Bianca e de sua família. Ela trocou o Rio por São Paulo e acredita que as preocupações com a mudança afastaram os pensamentos ruins em relação ao vírus.

Graças a Deus não perdi um ente querido. A mudança aliviou a tensão. Todo mundo passou por tudo na pandemia. Quem tinha que separar, separou. Quem ficou junto, não separa mais. Valorizamos mais as pequenas coisas. Tive a oportunidade de ver minhas filhas se desenvolverem. Não perdi nenhum momento.

Bianca é mãe de Beatriz e Sofia, de 12 anos, e acredita que a geração atual de adolescentes está mais preparada para lidar com certas adversidades e ter consciência do que realmente importa.

Sempre digo que mudanças acontecem e que precisamos aprender a lidar. Respeito em primeiro lugar. Não faça com o outro aquilo que não quer que façam com você. Essa geração é muito atenta. A gente conversa de tudo em casa com elas, sem ficar floreando. Isso cria consciência e liberdades.

Continua depois da publicidade
tyjhtyty - Instagram - Instagram
Bianca Rinaldi conta que filhas Beatriz e Sofia sofreram com mudança do Rio para SP
Imagem: Instagram

Retorno para a TV

Neste ano, conferimos Bianca no "Bake Off Brasil: Celebridades", mas a atriz ainda não tem data certa para retornar às novelas. Convites não faltam: Bianca já fez parte do elenco de dramaturgia do SBT, Record e Globo, tendo seu mais recente papel na temporada 2018 de "Malhação".

Gosto da TV! Me iniciei ali, tenho saudades. Sou privilegiada por ter tido oportunidades nas três maiores emissoras do Brasil. Eu fui feliz em todas. Todo mundo da dramaturgia trabalha com muito amor. Isso é comum onde passei e torna o trabalho muito gostoso. Em breve, mato essa saudade da TV...

Enquanto não volta para as telinhas, Bianca segue em cartaz com o musical no 033 Rooftop, em São Paulo, e deve viajar pelo Brasil com outra peça, "O Homem Mais Inteligente da História". A atriz se mostra esperançosa com o controle e eventual fim da pandemia.

Sempre acredito no melhor. Acho que tudo tem um lado positivo. O que eu espero é que a gente possa voltar sim a ter uma vida como antes no sentido do dia a dia, mas com muito mais consciência do que realmente importa. Se preocupar com o outro, respeitar o próximo, valorizar o que é preciso.