PUBLICIDADE
Topo

Em homenagem, Alcione lembra gafe com governador do Rio: 'Vai Caio Castro'

Alcione recebeu uma homenagem do Governo do Rio de Janeiro - Webert Belicio - Agnews
Alcione recebeu uma homenagem do Governo do Rio de Janeiro Imagem: Webert Belicio - Agnews

Lucas Pasin

De Splash, no Rio

26/10/2021 21h07Atualizada em 26/10/2021 23h57

Alcione, 73 anos, recebeu uma homenagem do Governo do Rio na noite de hoje. A cantora, que festeja 50 anos de carreira em 2022, inaugurou mais um "Bar Alcione, o Casarão da Marrom", desta vez na Zona Sul do Rio, e recebeu o governador Cláudio Castro e a secretária de Cultura do Estado do Rio, Danielle Barros.

Na ocasião, Danielle anunciou que Alcione receberia uma homenagem pela meia década cantando samba:

"Nós temos a honra de estar nessa noite com nosso governador Cláudio Castro. Ele que é músico, cantor, da cultura. E ano que vem tem festa de 50 anos de carreira da Alcione no Teatro Municipal. Estamos instituindo no Estado do Rio de Janeiro uma comenda a todos que tem trabalhos relevantes na Cultura. Esse prêmio será dado o ano que vem e terá o nome de Medalha Alcione. É uma homenagem do Governo para uma artista que inspira, que faz parte do Rio de Janeiro, e da Cultura."

Alcione agradeceu a homenagem e relembrou uma gafe recente em um encontro com o Governador Cláudio Castro:

"Agradeço por terem vindo na minha casa, e nunca vou esquecer a primeira vez que fui encontrar com o Governador e cometi uma gafe tão grande. Fui cantar uma música e falei: 'vai Caio Castro'. Olha isso? faz parte".

O público, que gritava "Marrom, eu te amo", se divertiu com a lembrança da cantora.

O novo bar de Alcione, que já tem uma casa de espetáculos na Zona Oeste do Rio, traz uma exposição permanente, com itens cedidos pela artista, como troféus e honrarias arrebatados durante a carreira. "Prêmios da Música Brasileira", internacionais como os doados por Angola e Estados Unidos e, ainda, medalhas como a "Manuel Beckman", maior honraria do Poder Legislativo do Maranhão, e "Luiz Gonzaga", concedida a personalidades nordestinas pela Assembleia Legislativa de SP.