PUBLICIDADE
Topo

Campanha arrecada R$ 1 milhão para família da diretora Halyna Hutchins

Campanha virtual arrecada fundos para família de Halyna Hutchins - Mat Hayward/Getty Images for AMC Networks
Campanha virtual arrecada fundos para família de Halyna Hutchins Imagem: Mat Hayward/Getty Images for AMC Networks

Colaboração para Splash, em Alagoas

25/10/2021 10h59

Uma campanha de financiamento on-line já ultrapassou o valor de US$ 200 mil (R$ 1 milhão na atual cotação do dólar), para a família da diretora de fotografia Halyna Hutchins, que morreu na semana passada no set de filmagens de "Rust", vítima de um tiro acidental disparado de uma arma cenográfica pelo ator Alec Baldwin, protagonista do faroeste.

Iniciativa do Sindicato dos Diretores de Fotografia, a campanha hospedada no site "Go Found Me", foi criada com o objetivo de ajudar o marido de Halyna, Matthew Hutchins, e o filho do casal, Andros, de 9 anos. Até o momento da publicação desta matéria, a campanha recebeu o apoio de cerca de 2,6 mil pessoas.

Filho de diretora ficou em silêncio por dois dias

Andros, filho de Halyna Hutchins, ficou em estado de choque e em silêncio por dois dias após a notícia da morte de sua mãe no set de "Rust".

De acordo com o pai da diretora, Anatoly Androsovych, em entrevista ao The Sun, Andros era muito apegado à mãe e se isolou após receber a notícia da morte.

"O pai dele conseguiu arrancar algumas palavras agora, mas o efeito foi devastador", disse ao jornal. Anatoly também lamenta o acidente fatal: "Essa tragédia acabou com uma família perfeita - todos que os conhecem estão destruídos de tristeza".

Arma carregada

De acordo com informações da BBC, Alec Baldwin não sabia que a arma estava carregada no momento do disparo. O equipamento foi entregue por um assistente de direção, que teria assegurado que estava tudo seguro.

Baldwin está bastante abalado e se pronunciou após o acidente: "Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e colega profundamente admirada".

O ator também esteve presente no velório da diretora e vem colaborando para as investigações - que estão em andamento, mas seguem sem um responsável anunciado.