PUBLICIDADE
Topo

Assistente que deu arma a Alec Baldwin já ignorou segurança em outro set

De Splash, em São Paulo

24/10/2021 13h48

O relatório policial da investigação sobre a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, por um tiro disparado por Alec Baldwin, atesta que o diretor-assistente Dave Halls entregou a arma ao ator dizendo que ela estava "fria" — ou seja, munida apenas de balas de festim.

Agora, uma produtora de adereços que trabalhou com Halls na série "Into the Dark" afirma que ele era conhecido por não prezar pela segurança no ambiente de trabalho.

Em entrevista ao canal americano NBC News, Maggie Goll diz: "A princípio, ele parecia um diretor-assistente mais velho e amável com algumas particularidades normais, mas essa máscara logo caiu".

Ele não mantinha um ambiente de trabalho seguro. Ele quase sempre permitia que os sets ficassem cada vez mais claustrofóbicos, sem rotas de fuga em caso de incêndio e com as saídas de emergência bloqueadas... Reuniões sobre segurança nem existiam".

Goll afirma que, uma vez, Halls exigiu que as câmeras continuassem filmando mesmo depois de o técnico de pirotecnia — responsável pelos efeitos especiais que envolvem fogo — avisar que havia algo errado. Além disso, ele não costumava fazer reuniões para orientar a equipe sobre protocolos de segurança quando uma cena envolvia armas.

Procurado pela NBC, Dave Halls não se pronunciou.