PUBLICIDADE
Topo

Ana Prado critica noivo de 'Casamentos às Cegas': 'Minha filha o detesta'

Colaboração para Splash, em São Paulo

20/10/2021 12h51Atualizada em 20/10/2021 16h39

As brigas envolvendo os participantes do "Casamento às Cegas Brasil" ultrapassaram os limites do reality show da Netflix. Depois da participante Ana Prado ter acusado o noivo Shayan Haghbinghomi, de usar indevidamente a imagem de sua filha Antonella, de 3 anos, com a finalidade de se autopromover, ela voltou a falar sobre o caso em seu Twitter hoje.

A modelo disparou diversas críticas para o companheiro do programa dizendo que sua filha o odiava. "Pequeno Spoiler: a minha filha detesta o Shayan, por isso não quero ELE usando a imagem dela! Os únicos momentos bons entre eles, foram o que viram, mas todos os participantes tão de prova que ela não se sente confortável perto dele. Entenderam?", escreveu.

casamento - Reprodução/Netflix - Reprodução/Netflix
Ana Prado e Shay ficaram noivos em 'Casamento às Cegas Brasil', da Netflix
Imagem: Reprodução/Netflix

Ela também alfinetou quem diz que ela está querendo destruir a imagem de Shay: "E, na boa, vai se f**** quem vier com papo de que quero estragar a imagem de bom moço, porque, de verdade, só quero tocar a minha vida em paz e saber que ele não tá usando a imagem da minha filha, porque ela NÃO GOSTA DELE!", finalizou.

Entenda o caso

Nesta segunda-feira (18), Ana Prado acusou o noivo do programa, o comerciante Shayan Haghbinghomi, de usar indevidamente a imagem de sua filha com a finalidade de se autopromover. "Estou devastada que a imagem da minha filha, de 3 anos, está sendo usada para a 'autopromoção' de um homem feito. Escolhi ser uma pessoa pública, não a minha filha. Usá-la para se defender é de uma covardia sem tamanho. Use a minha imagem, não a dela", publicou Ana no Twitter.

Shay publicou um vídeo no Instagram de cenas do reality show da Netflix em que aparece brincando com a filha de Ana. Na gravação, a menina é vista inicialmente caminhando pela sala e, em seguida, aparece pulando na cama. Depois, ela é levada nos ombros do comerciante ao caminhar pelo apartamento. Na legenda da postagem, escreveu: "Ninguém no mundo vai tirar esse sorriso que Deus me deu".

A relação entre o iraniano e a brasileira entrou em crise depois da lua de mel. Um dos motivos do desentendimento foi por que Shay não deu atenção à filha da modelo, alegando que precisava trabalhar. Após as cenas irem ao ar pela Netflix, Shay recebeu críticas nas redes sociais.

Ana ainda o acusou de se comportar de maneira diferente em frente às câmeras, sendo mais frio quando o reality show não era gravado. Ele não concordou com estas declarações. A modelo afirma não ter autorizado o iraniano a usar a imagem da filha e pediu por respeito:

Que parte que vocês não entenderam que não está sendo usado para promover o programa e sim, a própria imagem? Vocês enfiaram a humanidade onde? Fácil de entender: está sendo usada em um lugar cheio de ódio. Vai além da autorização ou não, é uma questão de ética, de respeito.

Ela afirmou, também, que está nervosa com a situação: "Estou falando com advogado, mas até resolver, a imagem da minha filha em meio a mensagens de ódio continua sendo usada. Estou desesperada por solução, por isso estou implorando ajuda".

Splash apurou que Ana entrou em contato com Shay, mas ele disse que não pretende deletar o vídeo com as imagens da filha dela do Instagram. Para a reportagem, Shay disse que somente usou as imagens "para mostrar momentos de felicidade bons que passamos".

"E [as imagens] estão autorizadas pela Netflix. Como todos fazem: pegam imagem da tela da tv e mostram. No final da legenda tem os direitos da Netflix", acrescentou o iraniano.

Não entendi o porquê do desrespeito. Só estava mostrando momentos juntos felizes. Não tem nada de mais no vídeo, não estou vendendo nada, sem fins lucrativos nenhum, muito menos me autopromovendo. Somente mostrando felicidade — Shay Haghbinghomi

Os últimos episódios de "Casamento às Cegas Brasil" serão disponibilizados a partir de quarta-feira (20) pela Netflix. O público conhecerá os desfechos dos casais, que podem ter dito sim ou desistido de selar a união no altar.