PUBLICIDADE
Topo

Atriz de 'Anne With an E' revela fim do tratamento contra o câncer

Miranda McKeon anuncia fim do tratamento contra o câncer - Reprodução/Instagram
Miranda McKeon anuncia fim do tratamento contra o câncer Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

18/10/2021 07h35Atualizada em 18/10/2021 08h15

A atriz Miranda McKeon, de 19 anos, compartilhou ontem com os seus fãs que chegou ao fim o seu tratamento contra o câncer de mama. Em julho de 2021 ela revelou o diagnóstico, incomum para a sua idade.

A jovem, que ficou conhecida mundialmente por seu papel como Josie Pye, na série "Anne With an E", revelou a notícia para os seus seguidores com um vídeo recebendo alto no hospital. Emocionada, ela também mostrou alguns momentos com a família ao chegar em casa.

miranda - Reprodução/Netflix - Reprodução/Netflix
Miranda McKeon em cena de "Anne With an E"
Imagem: Reprodução/Netflix

"Escrevo isso às 5 horas da manhã porque estou muito animada com o meu último tratamento! Isso é quase melhor do que a manhã de Natal! Fiz oito sessões de quimioterapia", declarou. Em recente entrevista à revista "People", Miranda contou que descobriu o câncer ao ajeitar uma blusa e sentir um caroço no peito.

"Eu fui imediatamente para o pior cenário possível. Este é o momento em que tudo muda e não tem volta. Mas, depois de fazer uma pequena pesquisa no Google, minha mente estava tranquila porque não pensei que algo pudesse estar errado pela minha idade", explicou. Apesar de achar que não era nada, ela marcou uma consulta ao médico.

No hospital, eles fizeram uma biópsia do caroço e descobriram que era câncer: "Acho que eles estavam mais preocupados do que deixaram transparecer, porque eu realmente não pensei em nada a respeito", disse a artista, que descobriu que era "uma em um milhão".

"Embora eu não tenha o cenário de caso mais fácil, como eu gostaria que não tivesse se espalhado para os meus nódulos linfáticos ou que fosse um pouco menos complicado, eu nunca tive um momento em que eu pensasse, 'Oh, eu vou morrer com isso?'. Isso nunca foi realmente um pensamento. Acho que todo esse tempo foi mais como 'Ok, vamos tratar disso e resolver", acrescentou.

A primeira quimioterapia começou em 7 de julho, e Miranda levou a doença da melhor maneira possível. "Minha missão é encontrar a beleza de tudo isso. Eu não escolhi isso, não acho que ninguém escolheria, mas estou fazendo do meu trabalho tentar tirar algo disso", afirmou na época.