PUBLICIDADE
Topo

'Mundo da Lua': Antonio Fagundes lembra conversa com Boni e susto da Globo

Luciano Amaral, Antonio Fagundes, Gianfrancesco Guarnieri, Mira Haar e Mayana Blum no "Mundo da Lua", da TV Cultura. - Reprodução/TV Cultura
Luciano Amaral, Antonio Fagundes, Gianfrancesco Guarnieri, Mira Haar e Mayana Blum no "Mundo da Lua", da TV Cultura. Imagem: Reprodução/TV Cultura

Felipe Pinheiro

De Splash, em São Paulo

06/10/2021 04h00Atualizada em 06/10/2021 15h32

"Alô, alô? Planeta Terra chamando". Lucas Silva e Silva (Luciano Amaral) marcou gerações como o menino de imaginação fértil do "Mundo da Lua", um dos maiores clássicos infantis produzidos pela TV brasileira, que comemora hoje 30 anos. Splash fez uma viagem no tempo em uma conversa com Antonio Fagundes, intérprete do pai de Lucas no seriado da TV Cultura.

Ao todo foram produzidos 52 episódios que giravam em torno das aventuras da família Silva e Silva. Assim como outros marcos da emissora — "Rá-Tim-Bum", "Castelo Rá-Tim-Bum", e "Glub Glub" — o programa conquistou crianças de diferentes épocas pelas reprises que ainda hoje podem ser vistas.

Fagundes era Rogério, um professor que se dividia em três empregos para sustentar a família. Ele e Carolina (Mira Haar) tinham dois filhos, o garoto de 10 anos protagonista da série e a irmã mais velha Juliana (Mayana Blum). Também tinham a impagável empregada Rosa (Anna D'Lira), o avô Orlando (Gianfrancesco Guarnieri) e até o próprio criador da série, Flávio de Souza, que interpretava o tio Dudu e irmão do personagem de Antonio Fagundes.

À época em que gravou o "Mundo da Lua", Fagundes já era considerado um grande ator do teatro e da televisão. Já havia trabalhado inclusive na TV Cultura, como no programa de auditório "É Proibido Colar" e no "Telecurso". Como era funcionário da TV Globo, emissora em que trabalhou por 44 anos com contrato fixo até 2020, conversou com a direção da emissora ao receber o convite para a série.

Ele se recorda que o sucesso de "O Mundo da Lua" foi tão grande que gerou até um certo espanto dentro da Globo.

Fui pedir ao Boni, que era quem mandava, e ele falou: 'Vai, pode fazer!' E eu fiz. O programa foi ao ar e logo depois, fui chamado. O Boni falou, 'está dando muito ibope! Está atrapalhando a gente aqui'. O programa fazia muito sucesso e acabou chamando atenção, mas isso não impediu que me liberassem.

O que encantava Fagundes na emissora estatal era o jeito único de fazer televisão: "Além de ser uma coisa diferenciada, era um exercício de ator como profissional que a TV comercial não me permitia. Sempre aceitei quase tudo que me chamaram para fazer na TV Cultura e com o 'Mundo da Lua', não foi diferente. Aceitei imediatamente o convite".

Eu te conheço de algum lugar...

Antonio Fagundes como o vilão Felipe Barreto em 'O Dono do Mundo' (1991) - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Antonio Fagundes como o vilão Felipe Barreto em 'O Dono do Mundo' (1991)
Imagem: Reprodução/TV Globo

O visual de Antonio Fagundes como o pai de Lucas Silva e Silva pode ser familiar a quem assistiu a novela "O Dono do Mundo" (1991). Não é uma simples coincidência. O ator gravou a novela da Globo e o programa infantojuvenil da TV Cultura ao mesmo tempo. Durante três dias da semana ele gravava as novelas no Rio de Janeiro e nos demais estava livre para fazer teatro ou outros trabalhos em São Paulo, como aconteceu com "O Mundo da Lua".

"A minha vida sempre foi na ponte-aérea. Era um exercício fascinante como ator. Saía de um universo completamente malévolo [em 'O Dono do Mundo'] para aquela coisa pura, gostosa e cheia de energia. Acabei emprestando o visual para o Rogério", diz ele, que fazia um vilão na trama de Gilberto Braga.

O ator afirma que atualmente sente até mais o carinho do público com o "Mundo da Lua":

A repercussão não me atingiu tanto na época como me atinge hoje. Ainda hoje, um número grande de crianças assistem ao 'Mundo da Lua' e sou reconhecido por elas como o pai do Lucas Silva e Silva.

Uma casa de verdade criada em estúdio

A casa da família Silva e Silva, que aparecia na abertura da série 'Mundo da Lua' - Reprodução - Reprodução
A casa da família Silva e Silva, que aparecia na abertura da série 'Mundo da Lua'
Imagem: Reprodução

A fachada da casa da família Silva Silva reproduzida no "Mundo da Lua" é de uma residência real, bem como o Pau Brasil da calçada, que existe até hoje no bairro Alto de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. O interior do imóvel foi criado em estúdio pela TV Cultura, e Fagundes se lembra de algo incomum no cenário.

O Roberto Vignati, diretor do programa, pediu à produção uma coisa diferente: um cenário de alvenaria. As paredes não eram falsas. Construíram uma casa dentro do estúdio. Aquela escada era de verdade. Era como se realmente estivéssemos dentro de uma casa.

O ator diz que até hoje a residência na zona oeste da cidade recebe visitas de fãs do programa, que atualmente têm mais dificuldade para ver a fachada. pois foi construído um muro ao redor.

As gravações eram muito gostosas. Era uma turma maravilhosa no estúdio. O tempo de gravação era diferente. Não era a mesma rapidez da TV comercial. Era uma coisa mais caseira, familiar mesmo.

Luciano Amaral brinca não ter saudades do 'Mundo da Lua'

Elogios a Luciano Amaral: "Protagonista absoluto"

Na história, Rogério estimula no filho o hábito pela leitura. Esse é um ponto em comum entre ator e personagem. E assim como Lucas, ele também foi apresentado ao universo primeiramente pelos gibis.

"Sempre gostei muito de ler também. A minha leitura começou muito cedo com gibi. E foi uma coisa natural essa evolução da leitura. Os gibis que me iniciaram nesse hábito tão gostoso", afirma. Ao falar da relação com Luciano Amaral, o protagonista do "Mundo da Lua", Fagundes diz que apesar da pouca idade ele sempre foi muito talentoso.

Não me lembro da gente ter atrasado a gravação, de ter voltado alguma cena por ele não ter estudado a cena ou por não ter o texto de cor. Se aconteceu isso foram raras vezes, a ponto de eu não me lembrar mesmo. Já naquela época era um profissional responsável. O trabalho dele de ator é impecável e dura até hoje. Era o protagonista absoluto da história.

Luciano Amaral era Lucas Silva e Silva no 'Mundo da Lua' - Divulgação - Divulgação
Luciano Amaral era Lucas Silva e Silva no 'Mundo da Lua'
Imagem: Divulgação