PUBLICIDADE
Topo

Morre Lizzie Bravo, única brasileira a gravar com os Beatles

Lizzie Bravo - Reprodução/Instagram
Lizzie Bravo Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

05/10/2021 13h13Atualizada em 05/10/2021 13h13

Lizzie Bravo morreu hoje aos 70 anos. A cantora e fotógrafa carioca foi a única brasileira a gravar com os Beatles, quando tinha apenas 17 anos. A notícia foi confirmada por sua filha, Marya Bravo, no Facebook.

A voz de soprano de Lizzie Bravo serviu de backing vocal no refrão de "Across the Universe", lançada como single em 1969 e posteriormente no álbum "Let it Be" [já sem os vocais de apoio].

Em entrevista ao UOL em 2016, ela contou que ganhou de presente dos pais uma viagem para Londres ao invés de uma festa de debutante. Isso porque os Beatles já tinham abandonado os palcos e estavam concentrados no estúdio da Abbey Road, ou seja, era a última chance de encontrar a banda de quem ela era fã.

Do jeito que desembarcou em Londres, em fevereiro de 1967, foi para a porta do estúdio. Trombou com Lennon logo de cara. "Ele apertou minha mão, disse alguma coisa que eu não me lembro. Deu um branco", contou Lizzie.

A peregrinação atrás dos Beatles durou quase um ano. Até que, em fevereiro de 1968, Paul saiu e perguntou a uma das fãs acampadas na porta se uma delas conseguia sustentar uma nota aguda. Ela disse que sim.

"Across the Universe" seria mais uma entre tantas que Lizzie cantou na vida. Ela acompanhou e gravou com Joyce, Djavan, Milton Nascimento, Zé Ramalho, Egberto Gismonti e Zé Rodrix —com quem foi casada—, mas foi com os Beatles que ela ultrapassou a estratosfera.

Em 2008, quando a canção completou 40 anos, a Nasa transmitiu a gravação original em direção à estrela localizada a 431 anos-luz da Terra.