PUBLICIDADE
Topo

Aline Ramos: 'Adriane Galisteu conseguiu, no último minuto, se posicionar'

Colaboração para Splash, em São Paulo

27/09/2021 13h54

Apresentadora de "A Fazenda 13" (RecordTV), Adriane Galisteu enfrentou o desafio de esclarecer aos telespectadores os fatos que levaram à expulsão de Nego do Borel no último sábado (25).

Ele está sendo investigado pela Polícia Civil de São Paulo por suspeita de estupro de vulnerável contra Dayane Mello.

Desde o início do programa, a apresentadora vem sendo cobrada pelo público a se posicionar sobre certos eventos.

Na edição ao vivo do último sábado, após anunciar a expulsão de Nego do Borel, Galisteu encerrou o programa com um discurso:

Depois de tudo o que aconteceu, depois de tudo isso, vale o recado. Quando uma mulher diz não, é não. Quando uma mulher alcoolizada diz sim, também é não! Dificil, né?

O programa terminou em silêncio, sem a trilha sonora que é marca registrada.

Aline Ramos, colunista do UOL, analisou as cobranças que Galisteu vem sofrido para que se posicione mais:

Ela estava constrangida, até porque ela tem sofrido muita pressão nas redes sociais dela. Desde que tudo aconteceu as pessoas jogam culpa na Galisteu, como se ela estivesse concordando com o que aconteceu, como se ela tomasse todas as decisões.

É péssimo, é colocar os valores dela mesma em questionamento, ela tem sido muito questionada. A gente não sabe dos bastidores, não sabe qual foi a tensão pra chegar nessa decisão da expulsão.

Sobre o discurso que encerrou o programa no sábado, Aline acredita que foi algo que nem a própria produção esperava:

Foi um discurso muito suscinto, muito direto, parecia que ela tava falando alí como se não tivesse planejado. Começaram a jogar os créditos finais na cara dela, e ela falando alí.

Fico até feliz que ela conseguiu, no último minuto, se colocar e mostrar a posição dela