PUBLICIDADE
Topo

'Teen Wolf' revelou novo Superman e tem atores que foram cancelados

A série 'Teen Wolf'
A série 'Teen Wolf'
Divulgação

Laysa Zanetti

De Splash, em São Paulo

26/09/2021 04h00

Sucesso adolescente entre 2011 e 2017, a série "Teen Wolf" está de volta, e vai ganhar um filme no Paramount+. Segundo a Variety, o criador, Jeff Davis, assinou para escrever e produzir a continuação.


A história original acompanhava um adolescente do ensino médio e seu melhor amigo, que se envolvem em problemas que fazem um deles ser mordido por um lobisomem. Como consequência, eles se envolvem em vários dramas na cidade de Beacon Hills.

Continua depois da publicidade

Embora ainda não se saiba quais dos atores do elenco vão retornar, "Teen Wolf" deixou a sua marca na televisão e na cultura pop. Tretas e cancelamentos não ficaram longe da realidade dos protagonistas.

Colton Haynes, por exemplo, teve dificuldades para lidar com sua saúde mental durante a série. Seu personagem, Jack Whittemore, aparece entre as temporadas 1 e 2 e, posteriormente, na temporada 6.

Em 2014, o ator chegou a passar bastante tempo isolado socialmente, enfrentando um ciclo de abuso de substâncias. O que o ajudou a lidar com a situação foi a decisão de se assumir gay, em 2016. Ele chegou a se afastar da atuação para cuidar da ansiedade e da depressão.

Continua depois da publicidade

Essa não foi a única situação complicada da vida de Haynes. Ele costuma criar fantasias elaboradas para o Halloween, mas nem sempre suas ideias foram boas. Em 2011, Haynes se fantasiou de Kanye West, e fez blackface. No ano seguinte, ele se vestiu de Gandhi, e pintou o rosto com tons marrons.

Reprodução - Reprodução
Colton Haynes se veste de Kanye West e Gandhi para o Halloween
Imagem: Reprodução

Falando em cancelamento, quem também caiu nessa foi o ator Ian Bohen, o Peter Hale. Em 2013, o ator publicou em seu Twitter uma mensagem que gerou controvérsias:

Ei, pais, ensinem aos seus rapazes como tratar bem as mulheres, e às meninas a se comportarem como moças.

A mensagem gerou uma onda de comentários negativos, e o ator resolveu contornar a situação com um textão no Tumblr (lembra dele?) explicando o que quis dizer e o significado da palavra "moça" —ao invés de simplesmente pedir desculpas.

Felizmente, "Teen Wolf" não viveu apenas de controvérsias e tretas. Sensação entre os adolescentes da década passada, a série era figurinha repetida em premiações de voto popular, como o Teen's Choice Awards, e ajudou a alavancar as carreiras de alguns de seus astros.

Continua depois da publicidade
Divulgação - Divulgação
Tyler Hoechlin e Elizabeth Tulloch em 'Superman & Lois'
Imagem: Divulgação

Tyler Hoechlin, intérprete de Derek Hale, por exemplo, não era novato em Hollywood. Ele já havia feito "Sétimo Céu", e acumulava participações em episódios ou filmes menores.

Mas foi depois de "Teen Wolf" que ele foi escalado para ser o Clark Kent em uma participação especial de "Supergirl". O sucesso do personagem foi tanto que Hoechlin ganhou uma série para chamar de sua: "Superman & Lois" já está na segunda temporada e é exibida na HBO Max pelo Brasil.

No filme, segundo a sinopse, um terrível mal cairá sobre Beacon Hells, fazendo com que Scott McCall (Tyler Posey) precise reunir novos e velhos aliados para lutar contra este que pode ser o inimigo mais poderoso que ele enfrentou. Ainda não há data de estreia.