PUBLICIDADE
Topo

Cantora diz que perdeu virgindade em estupro com homem 12 anos mais velho

A cantora Sophie Ellis-Bextor - Instagram/@sophieellisbextor
A cantora Sophie Ellis-Bextor Imagem: Instagram/@sophieellisbextor

Colaboração para Splash, em São Paulo

26/09/2021 17h30

A cantora Sophie Ellis Bextor declarou que foi estuprada aos 17 anos por um músico de 29. Ela diz que era virgem quando o caso aconteceu. Agora, aos 42 anos, a artista contou detalhes em um livro autobiográfico e compartilhou um trecho no jornal britânico The Daily Mail.

Sophie alega que foi até a casa de seu abusador depois de tê-lo conhecido em um show. Ela diz que os dois se beijaram e, quando ela menos percebeu, estava na cama do rapaz. "Eu me ouvi dizendo 'não' e 'eu não quero', mas não fez nenhuma diferença".

"Ele não me deu ouvidos e transou comigo e eu me senti muito envergonhada. Foi como eu perdi a minha virgindade e eu me senti estúpida", continuou Sophie. "Na época, estupro não era relacionado a consentimento, era algo associado a agressão. Mas ninguém tinha me prendido ou gritado comigo para me fazer obedecer, então por que eu deveria me sentir tão violada?".

Sophie diz que se questionou por que seria importante escrever sobre essas experiências, reviver algo tão desagradável e ainda torná-lo público. "Acho que ser honesta sobre isso ajuda. E acredito que se mais alguém tiver passado por algo parecido, pode ajudar a todos nós a falar sobre isso".

Mas esses não foram os únicos motivos que a levaram a compartilhar o trauma: "Eu me calei sobre isso por tanto tempo que eu comecei a me sentir como se eu estivesse sendo cúmplice. Eu não fui ouvida quando eu tinha 17 anos, mas acho que serei agora".

A cantora hoje é casada e mãe de cinco meninos, a quem diz que introduz o conceito de consentimento desde cedo.