PUBLICIDADE
Topo

Sadovski: filmes sobre caso Von Richthofen 'surpreendem' por atuações

Colaboração para Splash, em São Paulo

23/09/2021 14h26

Chegam amanhã ao Amazon Prime Video os filmes "A Menina Que Matou os Pais" e "O Menino Que Matou Meus Pais", ambos dirigidos por Mauricio Eça.

Os filmes, que tinham sido pensados como apenas um longa, acabaram ficando maiores para contar a visão de Daniel Cravinhos, interpretado por Leonardo Bittencourt, e de Suzanne von Richthofen, vivida por Carla Diaz, sobre como o crime realmente aconteceu.

A atuação é um dos pontos altos da produção na visão de Roberto Sadovski, colunista de Splash.

Eu achei muito bom os dois filmes, por sinal. A interpretação da Carla Diaz e do Leonardo Bittencourt, me surpreendeu. Foi muito melhor do que eu esperava, inclusive de ela retratar a Suzanne como uma adolescente meio menininha e, depois, já se impondo como a adulta que ela achava que era até o momento do crime.

Acho que o filme resolve muito bem esse recorte de contar o ponto de vista, não perde tempo com histórias paralelas, não perde tempo com histórias de pessoas que não estejam no ponto de vista dele e dela

Como cinema, como obra, foi a melhor decisão e a melhor forma de ver essa história.