PUBLICIDADE
Topo

Ariana Grande diz ter sido ameaçada de morte por stalker

Ariana Grande falou sobre invasão de stalker a sua casa - Reprodução/Twitter
Ariana Grande falou sobre invasão de stalker a sua casa Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para Splash, em São Paulo

21/09/2021 15h11Atualizada em 21/09/2021 15h11

Ariana Grande passou por momentos de terror neste mês. Um stalker invadiu sua casa no dia 10, procurando pela artista, e possuía uma faca.

Hoje, o site TMZ teve acesso aos documentos que a cantora mandou à Corte americana, pedindo uma ordem de restrição contra o stalker, Aharon Brown. Nos documentos, Ariana disse que ele vinha atormentando a ela e sua família por 7 meses. No dia em que a perseguição chegou ao seu clímax e houve a tentativa de invasão, a cantora estava em casa. Segundo o site, o segurança pediu que Brown se retirasse da propriedade, e ele gritou: "Eu vou matar você e ela", se referindo à voz de "Thank u, next".

Brown foi preso no dia seguinte à invasão, e continua sob custódia, mas pode ser solto a qualquer momento, de acordo com o TMZ. Ariana, ainda segundo os documentos obtidos pelo site, disse que temia pela sua família. "Eu tenho medo de que, sem uma ordem de restrição, o sr. Brown continue a vir à minha casa e tente me machucar, me matar ou machucar à minha família".

Grande iniciou ontem sua jornada como jurada do programa "The Voice", nos Estados Unidos.