PUBLICIDADE
Topo

'Ted Lasso' é a melhor série de comédia do Emmy 2021

Brendan Hunt e Jason Sudeikis em "Ted Lasso", série que levou o Emmy de melhor comédia - Divulgação/Apple TV+
Brendan Hunt e Jason Sudeikis em 'Ted Lasso', série que levou o Emmy de melhor comédia Imagem: Divulgação/Apple TV+

De Splash, em São Paulo e Colaboração para Splash, no Rio

20/09/2021 00h05Atualizada em 20/09/2021 00h45

"Ted Lasso" leva para a casa a estatueta de melhor série de comédia do Emmy Awards 2021, o maior prêmio da televisão norte-americana, em seu ano de estreia no evento.

Bill Lawrence, um dos criadores da produção, fez uma menção especial ao público no discurso de agradecimento:

Queremos agradecer à Warner, à Apple, [...] à equipe, aos roteiristas, aos mesmos co-criadores e ao próprio Ted Lasso, Jason Sudeikis. Eu sou muito grato de estar nesse grupo, mas o nosso agradecimento é ao público, a quem assiste. Posso falar por todos aqui quando digo que todos sabemos a sorte que temos de fazer isso. Agradecemos a atenção de vocês, muito obrigado. Bill Lawrence em discurso no Emmy Awards 2021

A série da Apple TV+ era a favorita da categoria, e tinha conquistado três troféus técnicos — melhor elenco em série de comédia, melhor montagem em série de comédia e melhor mixagem de som.

Jason Sudeikis, que protagoniza e também assina "Ted Lasso", conquistou a estatueta de melhor ator em comédia pela produção. No total, "Ted Lasso" foi indicada a 20 categorias no Emmy 2021, batendo um recorde de indicações entre as séries de comédia neste ano.

Aclamada pela crítica

"Ted Lasso" foi sucesso de crítica, com nota 8,7 no IMDb e atingiu 90% no Rotten Tomatoes, famoso agregador de críticas e ótimo termômetro do mundo do cinema e televisão.

A série garantiu as únicas indicações da Apple TV+ no Globo de Ouro 2021, e faturou a estatueta de melhor ator em comédia ou musical a Jason Sudeikis.

Origem inusitada

Em tempos de séries baseadas em algoritmos, threads de Twitter, brinquedos e jogos de tabuleiro — além dos tradicionais livros, filmes, HQs e histórias reais —, "Ted Lasso" chama atenção pelo seu surgimento: um comercial de TV super produzido.

Em 2013, o canal NBC transmitiria as partidas da liga inglesa de futebol nos EUA — esporte não muito popular por lá. Para ganhar a simpatia do público, a emissora chamou o ator Jason Sudeikis e um grupo de publicitários renomados para produzir uma campanha, que ganhou uma continuação e resultou em "Ted Lasso".

A obra acompanha a contratação e o (baixo) desempenho do técnico de um azarado time de futebol americano que é convocado a comandar um time decadente da Premier League. Muito além do futebol, "Ted Lasso" passeia por temas como bullying, superação, otimismo, fé, esperança, respeito, vida e morte.