PUBLICIDADE
Topo

Bebê da capa de 'Nevermind' processa Nirvana por exploração sexual infantil

Colaboração para Splash, em São Paulo

25/08/2021 08h19Atualizada em 25/08/2021 17h00

Spencer Elden ficou mundialmente famoso após estampar a capa do álbum "Nevermind", do Nirvana, em 1991. Ele foi fotografado aos quatro meses de idade, nu, nadando em direção a uma nota de um dólar, e rendeu uma das imagens mais conhecidas da cultura pop. No entanto, após 30 anos, Elden está processando a banda por exploração sexual infantil.

Segundo o veículo TMZ, que teve acesso a documentos do processo, Elden diz que era jovem demais para consentir em ter sua imagem veiculada no álbum e que seus guardiões legais também não autorizaram que isso acontecesse. Ele ainda alega que a foto é pornografia infantil e que a banda havia prometido que cobriria sua genitália com um adesivo, mas isso nunca foi incorporado à capa.

Elden declara que ter seu corpo exposto lhe causou danos ao longo de toda a sua vida e que Kurt Cobain, Dave Grohl e Krist Novoselic falharam em protegê-lo de ser explorado sexualmente. Ele pede pelo menos R$ 787 mil de cada membro no processo.