PUBLICIDADE
Topo

Larissa Manoela após atuar em inglês: 'Quero me dublar em outras línguas'

Larissa Manoela é a au pair Bárbara no filme Diários de Intercâmbio, da Netflix - Divulgação/Netflix
Larissa Manoela é a au pair Bárbara no filme Diários de Intercâmbio, da Netflix Imagem: Divulgação/Netflix

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

23/08/2021 04h00

Larissa Manoela acordou cedo no dia da estreia de seu novo filme, "Diários de Intercâmbio" (Netflix). Mas não mais que seu fandom. Boa parte dos mais de 40 milhões de seguidores dela nas redes sociais despertou às 4h da manhã para maratonar o mais recente trabalho da atriz e cantora.

"Eu fiquei impressionada porque quando eu acordei, umas 7h, muita gente já tinha maratonado e estava assistindo pela segunda vez", contou a atriz em um bate-papo com Splash na quarta-feira (18), dia do lançamento.

O horário incomum tem explicação. O filme ficou disponível nos 190 países atendidos pela Netflix à meia-noite do fuso de Los Angeles. É também a primeira vez que Larissa atua em outro idioma além do português, o inglês, já que o filme se passa entre o Brasil e os Estados Unidos e tem um elenco misto, com atores brasileiros e gringos.

"É totalmente diferente você decorar um texto e fazer a cena [em inglês]. Eu tive o tempo todo o apoio do diretor e do próprio elenco. A gente conseguia se comunicar da melhor forma, decoramos textos juntos", relembra a atriz sobre a experiência.

Atuar em inglês também trouxe mais confiança para a atriz, conhecida desde os tempos de criança por "Carrossel" (SBT), e hoje — aos 20 anos — estrela da Netflix e da Globo. Larissa encarou o desafio como uma oportunidade de ser vista fora do Brasil e, quem sabe, atuar em filmes e séries estrangeiros.

Eu estava assistindo ao filme em outros idiomas. Isso é tão legal. Futuramente, quando eu tiver o domínio, tenho vontade e quero me dublar em outras línguas. Seria super interessante Larissa Manoela

Mesmo tão nova, Larissa já conquistou muito aqui no Brasil. Mas sabe que ainda tem espaço para crescer (em breve ela estreia em uma novela da Globo). Seu primeiro trabalho com a gigante do streaming, "Modo Avião", se tornou o filme em língua não-inglesa mais visto da plataforma no ano passado. Uma vitrine para o mundo.

Para seu futuro, a atriz compartilha os ideais de sua personagem em "Diários de Intercâmbio", a au pair Bárbara, uma menina batalhadora que consegue realizar o sonho de fazer intercâmbio nos Estados Unidos de maneira acessível. "Nunca deixe de sonhar, ter foco, força, determinação. E quem sabe em breve a gente vê uma obra totalmente gringa."

Primeira vez na neve

lari neve - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Larissa Manoela brinca na neve durante as gravações de filme nos EUA
Imagem: Reprodução/Instagram

Para quem está acostumado a ver Larissa Manoela direto em Orlando, nos EUA, onde tem uma casa, pode até parecer estranho. Mas a atriz conta que nunca tinha visto neve antes na vida, já que costuma viajar em outras épocas do ano.

"Diários de Intercâmbio" foi gravado em janeiro de 2020, meses antes da pandemia. "A gente saiu do calor de 40 graus do Rio e fomos para um frio master de Nova York. Foi surpreendente essa mudança climática e muito emocionante também", relembra.

Quem esteve ao lado de Larissa na viagem (quase) o tempo todo foi Thati Lopes, atriz e comediante que interpreta Taila, a melhor amiga dela no filme.

Foi super bonito porque quando a gente estava a caminho de filmar sentimos a neve caindo. Olhamos uma para a outra com os olhos cheios de lágrimas e super realizadas de estar fazendo o que a gente ama, que é atuar, e realizar um sonho até de criança de ver neve. Larissa Manoela

Além de algumas cenas em Manhattan, boa parte do filme se passa nas cidades de Kingston e Woodstock, também em Nova York. E as atrizes ainda enfrentaram a neve para esquiar, outra experiência inédita para Larissa.

"Foi minha primeira vez vendo a neve e esquiando... Fiquei morrendo de medo! Achei que era muito mais fácil e vi várias crianças lá que já nascem esquiando, os pais já praticam, e eu olhava e pensava: 'Meu Deus, o que eu estou fazendo?'"

Para algumas cenas, principalmente as de queda, ela precisou usar dublê para evitar qualquer incidente maior. Já outras (Lari dá a dica: as de macacão azul) são espontâneas, já que a produção capturou até mesmo os momentos reais em que ela estava aprendendo a esquiar.

Desde a estreia, "Diários de Intercâmbio" figura no primeiro lugar no top 10 da Netflix no Brasil, seguido curiosamente por "Carrossel", a novelinha que revelou Larissa Manoela.