PUBLICIDADE
Topo

Lizzo transforma ódio de haters em nova música e sonha com o Rock in Rio

Daniel Palomares

De Splash, em São Paulo

13/08/2021 04h00

Ela explodiu em 2019: emplacou hits seguidos e venceu três prêmios Grammy. Mesmo assim, nas redes sociais, sempre que postava alguma foto ousada era alvo de ataques gordofóbicos.

A resposta de Lizzo para os haters de plantão veio em forma de música, com "Rumors", single da cantora lançado hoje (13).

Continua depois da publicidade

Na canção, uma parceria com a rapper Cardi B, Lizzo destila ironia ao afirmar que todos os rumores sobre ela são reais: ela veio pra causar!

Depois de uma passagem rápida pelo Brasil logo antes da pandemia, Lizzo falou com Splash sobre o novo trabalho e o sonho de voltar para cá.

Limão em limonada

Lizzo transformou o ódio que recebe nas redes sociais em lucro. Foi assim que nasceu "Rumors", single que marca seu retorno ao cenário musical. A música faz piada com os diversos comentários que ela recebe no Instagram e na mídia, no mesmo tom divertido que dita seu trabalho.

Todos nas redes sociais sempre têm algo a dizer sobre mim, minha personalidade, meu corpo ou meu estilo de vida. Eu amo colocar essas coisas nas músicas. Poderia me revoltar no Twitter, mas prefiro fazer uma música e ganhar dinheiro com isso!

Lizzo

Lizzo conta que ainda está no estúdio gravando novas músicas e não tem um álbum pronto, mas já sabe o gênero desta nova fase. "Rock and roll! Estive numa banda de rock quando tinha 19 anos. Eu sempre amei. Todas as músicas têm uma guitarra!", festeja.

Continua depois da publicidade
tyhtytyyt - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Lizzo quer investir no rock em seu novo trabalho
Imagem: Reprodução/Instagram

Rock para todos

Lizzo traz para a conversa as origens do que conhecemos como rock, um gênero que foi fundado por artistas negros.

Foram artistas negros que criaram o rock. A música rock americana foi inovada por artistas gospel e blues que usavam guitarras. É engraçado que as coisas que pessoas negras criaram rompem barreiras, mas fomos nós que criamos. É claro que devemos cantar isso. É nosso.

Ela cita grandes cantoras do soul como Sister Rosetta Tharpe e Big Mama Thornton que usavam guitarras em suas canções antes mesmo de nomes como Elvis Presley. "Pense em Chuck Berry. Ike Turner literalmente escreveu a primeira música de rock de todas!", reforça.

Continua depois da publicidade
ythrtht - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Lizzo em Copacabana
Imagem: Reprodução/Instagram

De volta ao Brasil

Lizzo esteve por aqui em fevereiro do ano passado, pouco antes da expansão da covid-19 pelo mundo. Ela só teve tempo de se apresentar em um pequeno show promocional, mas já conseguiu sentir o espírito do público brasileiro.

Eu amo o Brasil. Toda vez que faço uma live, tem alguém dando oi do Brasil ou me pedindo pra dizer que amo o Brasil. Tem algo sobre a energia dos amantes da música no Brasil que não é igual em nenhum outro lugar. Vocês realmente consomem e amam música como eu.

Ela se lembra com carinho de praias e churrascarias que visitou, mas agora que é vegana, torce para comer outras coisas quando voltar. "Legumes no espeto, sabe?", brinca.

Quando volta a falar sério, Lizzo deixa a entender que seu maior sonho mesmo é se apresentar no Rock in Rio.

Eu quero voltar e tocar naquele festival enorme com a roda gigante atrás! Eu amo o Brasil, é um lugar especial como nenhum outro e mal posso esperar pra voltar.

Lizzo