PUBLICIDADE
Topo

Gloria Groove conta como Elis Regina e Raça Negra influenciaram sua vida

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/07/2021 04h00

Tiago Abravanel recebeu Gloria Groove para um papo cheio de revelações e curiosidades no "Sai da Caixa". Toda quarta-feira, às 11h, Abravanel recebe convidados especiais para cantar músicas fora de seus repertórios tradicionais e para colocar a conversa em dia, no Canal UOL. Wanessa, Supla, Dudu Nobre e Péricles ainda passarão na sala do apresentador.

de - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Tiago Abravanel recebe Gloria Groove no 'Sai da Caixa'
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Abravanel contou que antes das gravações, Gloria Groove não parou de falar de Elis Regina, já que seu legado é imenso para todo amante de uma boa música. A paixão começou ao ver a mãe interpretando suas canções: "Qualquer pessoa que conheceu ela e você senta para conversar, tem uma história da Elis muito contundente, muito posicionada, muito maluca, amorosa e apaixonada", contou.

Eu sei que a mulher não era fácil e era bem louca, é isso que me deixa encantada (...) É um tipo de coisa que deixa a pessoa viva, com a sensação que ela ainda está com a gente. Gloria Groove

Alguma dúvida sobre a canção que Gloria escolheu para sair da caixa? Nenhuma, não é? Na última semana, Negra Li também declarou seu amor por Elis e soltou a voz ao som de "Madalena".

Entre Elis e Raça Negra

Já que é para sair da caixa, a convidada da semana não perdeu tempo. Além da paixão por Elis Regina, Abravanel descobriu mais uma curiosidade: Ela é superfã de Raça Negra. E mais uma vez, com influência da mãe.

Eu digo que estou sambando ao som de "dig dig ê", desde o útero da minha mãe e é verdade. Gloria Groove

Isso porque, sua mãe não parou de se apresentar durante a gravidez. De acordo com Gloria, a mãe fez show até os 8 meses de gestação no ano de 94, no auge do sucesso da banda: "Apesar de não ter ido pro lado do pagode, eu levo muito no coração esse amor, essa referência", revelou.

gl - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Gloria Groove se apresenta no programa 'Sai da Caixa', com Tiago Abravanel
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Referência número 1

Que a mãe é sua referência número um, não precisamos nem contar. Mas além dela, Beyoncé também engrossa a lista. E as referências masculinas? Tiago Abravanel quis saber.

"O Usher foi um dos primeiros cantores que eu gostei, comprei DVD", iniciou a lista que foi seguida por ninguém mais, ninguém menos que o rei do pop: "Vou ser clichezona e falar o Michael Jackson também", disse.

Da nova geração, Gloria citou Lil Nas X: "Um dos rappers assumidamente gay e que está fazendo o maior sucesso mundial, só músicas iradas".
Assumo que as referências femininas sempre predominam um pouco mais. Gloria Groove

gl - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Gloria Groove se apresenta no programa 'Sai da Caixa', com Tiago Abravanel
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

"Sai da Caixa" toda quarta-feira, às 11h:

Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui.