PUBLICIDADE
Topo

Spike Lee dá spoiler do vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes

Spike Lee apresenta a cerimônia de encerramento do Festival de Cannes 2021 - Getty Images
Spike Lee apresenta a cerimônia de encerramento do Festival de Cannes 2021 Imagem: Getty Images

De Splash, em São Paulo

17/07/2021 15h25Atualizada em 17/07/2021 18h32

Queimou a largada!

Presidente do júri da 74ª edição do Festival de Cannes, Spike Lee deu um super spoiler durante a cerimônia de encerramento do evento, e revelou antes da hora que "Titane", de Julia Docournau, é o grande vencedor da Palma de Ouro de 2021.

O diretor de "Faça a Coisa Certa" (1989) e "Infiltrado na Klan" (2018) subiu ao palco para apresentar o primeiro premiado da noite. Mas quando questionado pela apresentadora, a atriz francesa Toria Dillier, sobre qual categoria ele gostaria de anunciar primeiro, o cineasta simplesmente leu o nome do filme que ganhou o prêmio máximo.

O caos reina! Será que foi algum erro de interpretação? Assista ao momento:

"Titane" marca o retorno da diretora francesa que agitou Cannes em 2016 com "Grave", o filme que conta a história de uma caloura do curso de veterinária que adquire um gosto por carne humana após o trote. Essa é a segunda vez na história que uma mulher leva a Palma de Ouro — a primeira foi Jane Campion, com "O Piano", em 1993.

No seu novo trabalho, Docournau narra a história de uma garota que tem uma placa de titânio na cabeça e decide fingir ser o filho desaparecido de um homem de sua cidade.

A sinopse é propositalmente vaga, e as primeiras críticas apontam para uma obra "perturbadora". Assim como aconteceu na estreia de "Grave", "Titane" gerou reações extremas entre os presentes na sessão. O filme já tem lançamento confirmado no Brasil pela plataforma de streaming Mubi.

Durante coletiva de imprensa após a entrega dos prêmios, Spike Lee se pronunciou sobre o momento que roubou os holofotes.

Não tenho desculpas, eu fiz besteira. Sou grande fã de esportes, e é como se eu fosse aquele cara que, nos últimos minutos da partida, perde um lance livre ou um chute a gol.

O momento traz à memória o Oscar de 2017, quando a dupla Warren Beatty e Faye Dunaway anunciou que "La La Land: Cantando Estações" havia levado o prêmio de melhor filme, que na verdade foi para "Moonlight: Sob a Luz do Luar". Mas Lee já se adiantou e pediu desculpas para os organizadores do festival — e, pelo jeito, ninguém guardou mágoa.

Eu fui muito específico ao falar com o pessoal de Cannes e dizer a eles que eu sinto muito. Eles disseram para eu esquecer [o ocorrido].

Além de "Titane", a lista de vencedores da edição 2021 do Festival de Cannes inclui o diretor Leos Carax, do musical "Annette". O curta-metragem brasileiro também "Céu de Agosto" recebeu uma menção honrosa.