PUBLICIDADE
Topo

Carol Castro diz que pai de ex-ator mirim acompanhou cenas de sexo em filme

Carol Castro e Caio Manhente no filme "Veneza"  - Reprodução/Divulgação
Carol Castro e Caio Manhente no filme 'Veneza' Imagem: Reprodução/Divulgação

Colaboração para Splash, em São Paulo

18/06/2021 09h37Atualizada em 18/06/2021 13h32

Carol Castro vive cenas quentes com Caio Manhente em "Veneza", filme dirigido por Miguel Falabella que chegou ontem aos cinemas.

Segundo a atriz, o pai do ator, que na época das filmagens tinha 17 anos, acompanhou toda a encenação nos sets, o que tornou o trabalho ainda mais desafiador para ela.

"No set, o Miguel ensaiava as cenas antes, foi como uma coreografia. O Caio na época tinha 17 anos. O pai estava presente, assistindo. Então, ainda tinha esse desconforto a mais. Eu tentava quebrar o gelo, fazer umas piadas. Caio é um ótimo profissional, nem parece ter a idade que tem. Apesar desses fatores que me deixavam desconfortável — ter tido filha há pouco tempo e o pai dele presente — havia outros que me davam respaldo e me deixavam segura: o bom gosto do Miguel e a marcação de cena. Aconteceu de forma natural e bonita. A história dos personagens é muito forte. É um amor verdadeiro, sem rótulos", contou à coluna de Patricia Kogut, do jornal O Globo.

Carol vive Madalena, uma prostituta do bordel da Gringa (Carmen Maura), cafetina que tem o sonho de conhecer Veneza, na Itália. O longa começou a ser rodado cinco meses após a atriz dar à luz sua filha, Nina, hoje com quase 4 anos.

"É um processo se ver de novo como uma mulher, não só como uma mãe. Eu estava naquela vida de amamentação e noites mal dormidas. A relação com um filho é muito forte, carnal. É como uma extensão sua. Eu me enxergava sempre em conjunto com ela. De repente, apareceu essa personagem que é um furacão em forma de mulher, com sex appeal absurdo. Ela me ajudou de certa forma, porque tive que encontrar isso (essa sensualidade) na marra em pouco tempo. Tinha só um mês para me preparar. Pude mostrar um outro lado e uma maturidade como atriz que eu não tinha tido oportunidade e espaço de apresentar até então", acredita.