PUBLICIDADE
Topo

'Sintonia' volta com show de funk improvisado e mais emoção na 2ª temporada

"Sintonia" volta para segunda temporada ainda em 2021 - Reprodução/Instagram
'Sintonia' volta para segunda temporada ainda em 2021 Imagem: Reprodução/Instagram

Daniel Palomares

De Splash, em São Paulo

17/06/2021 11h00

A espera acabou. A segunda temporada de "Sintonia", uma das séries brasileiras de maior sucesso da Netflix, estreia ainda em 2021 (embora sem data definida) e promete encantar os fãs de Doni (Jottapê), Rita (Bruna Mascarenha) e Nando (Christian Malheiros).

Gravada durante a pandemia, a produção teve seu lançamento atrasado em um ano. As filmagens tiveram que seguir todos os protocolos de segurança, mas nada disso afetou a história nem o elenco.

A segunda temporada continua acompanhando os três amigos que lutaram para conseguir seu espaço e agora não podem esquecer suas origens. A cantora Fanieh estreia na série como a funkeira MC Luzi.

"É uma das melhores séries que já fizemos na América Latina. Ela representa o Brasil e apresenta um lindo universo onde as pessoas estão lutando para ter sucesso, para ser a melhor versão delas mesmas. A segunda temporada é mais forte do que a primeira!", promete Francisco Ramos, o Paco, vice-presidente de conteúdo da Netflix para a América Latina, em entrevista exclusiva a Splash.

Desafios técnicos

Recriar os ambientes da temporada original foi o maior desafio para a equipe de produção. O mercadinho do pai de Doni, por exemplo, envolveu 40 profissionais entre cenotécnicos, pintores e marceneiros para ser refeito ao longo de somente 30 dias.

Nesta temporada, será possível ver Doni em um show de funk. Mas como realizar o feito com distanciamento social? Foi preciso um supervisor de efeitos visuais para preencher as lacunas do cenário, além de truques de câmera para driblar a situação e transmitir a energia do evento.

Apostar na emoção também foi uma boa saída para lidar com o novo normal das gravações. Jottapê compôs uma música em homenagem ao pai de Doni, criando uma cena que não estava prevista no roteiro e dispensando as grandes multidões.

Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, as gravações externas ocorreram no bairro do Jaguaré, na zona oeste de São Paulo.