PUBLICIDADE
Topo

Drew Barrymore: 'Fui enganada para trabalhar com Woody Allen'

Drew Barrymore entrevista Dylan Farrow em seu talk show - Reprodução/YouTube
Drew Barrymore entrevista Dylan Farrow em seu talk show Imagem: Reprodução/YouTube

De Splash, em São Paulo

18/05/2021 13h25

Drew Barrymore refletiu sobre sua colaboração com o diretor Woody Allen, no filme "Todos Dizem eu te Amo" (1996), enquanto entrevistava a filha adotiva do cineasta, Dylan Farrow, que o acusa de molestá-la quando ela tinha sete anos de idade.

Eu gostaria de me explicar, porque isso aqui não é sobre mim, mas queria ser sincera com você. [...] [Nos anos 1990], não havia nenhum privilégio maior para a carreira de um ator do que trabalhar com Woody Allen. Mas, pouco depois, eu tive filhos. E isso me mudou, porque percebi que tinha sido uma das pessoas que foram enganadas, que foram levadas a ver só um lado dessa narrativa."
Drew Barrymore sobre filme com Woody Allen

A estrela de "As Panteras" ainda lamentou que não fosse capaz, naquela época, de ver como a indústria do cinema protegia homens acusados de abuso e assédio sexual, e elogiou a entrevistada pela coragem de denunciar o padrasto.

"Eu vejo o que está acontecendo na indústria agora, e você foi responsável por isso", comentou para Dylan, que se emocionou ao responder.

Isso é tão significativo. Para mim, é fácil dizer que você não deve trabalhar com ele, que ele é um cretino, um monstro. Mas acho incrivelmente generoso o que você acabou de fazer, que é me dizer que a minha história e o que eu passei foram importantes o bastante para você reconsiderar uma decisão que tomou no passado."
Dylan Farrow para Drew Barrymore

Allen nega a acusação de abuso de Dylan desde que ela foi feita, em meados dos anos 1990. Em entrevista recente, o cineasta declarou que Dylan provavelmente acredita na sua acusação, mas negou que tenha se comportado de forma inapropriada com a filha.

Veja a entrevista completa (em inglês):