PUBLICIDADE
Topo

Tudo o que sabemos até agora sobre a morte de MC Kevin

De Splash, em São Paulo

17/05/2021 20h25Atualizada em 18/05/2021 11h23

O funkeiro MC Kevin morreu na noite de ontem após cair do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. A causa da queda é investigada pela Polícia Civil do Rio.

Veja tudo o que se sabe até agora sobre a morte do artista.

5º ou 11º andar?

A princípio, a PM havia afirmado que MC Kevin caiu do 11º andar, mas corrigiu a informação horas depois: ele caiu do 5º andar.

Como ele caiu?

A polícia investiga se ele de fato caiu ou se pulou da varanda tentando cair na piscina — e também se ele teria batido a cabeça na borda. Durante a madrugada e a manhã de segunda-feira (17), hóspedes e amigos do MC foram prestar depoimento na 16ª DP, Barra da Tijuca, e as equipes da delegacia também foram ao local para analisar a região da piscina e do quarto com o objetivo de esclarecer as circunstâncias da morte do cantor.

A modelo fitness Bianca Domingues afirmou, em seu depoimento, que estava com Kevin no quarto de cuja varanda ele caiu. Os dois fizeram sexo momentos antes e, ainda de acordo com ela, ele teria se acidentado ao tentar saltar para a sacada do apartamento de baixo para escapar de um possível flagrante da esposa, que ele acreditava estar na porta do quarto.

Os celulares da viúva de Kevin, Deolane Bezerra, do próprio cantor, de Bianca, além de dois amigos que estavam com ele no quarto de hotel, foram apreendidos pela Polícia Civil para a perícia, que ainda solicitou um exame toxicológico para verificar se o funkeiro ingeriu álcool ou drogas antes da queda.

Como a família soube?

Angelo Canuto, amigo e coach de Kevin, acompanhou a família desde que soube do acidente, e teve a difícil tarefa de contar para a mãe do funkeiro sobre a morte — eles estavam no Aeroporto de Guarulhos indo para o Rio. Ele contou a Splash como foi a noite da família, hora a hora, desde as primeiras notícias até a definição dos detalhes do velório.

O que os familiares dizem

A mãe de MC Kevin se despediu do filho nas redes sociais, disse que conversou com ele no sábado e que o artista disse que a amava. O pai do funkeiro também disse estar sem chão, e pediu que os fãs não compartilhem vídeos do acidente.

A advogada Deolane Bezerra, mulher do cantor, também se declarou: "Você é e sempre será o amor da minha vida".

Kevin também recebeu homenagens de fãs e amigos no bairro Vila Ede, na Zona Norte de São Paulo, onde ele cresceu.

Como foi o velório

O velório de MC Kevin aconteceu na madrugada de terça-feira (18), entre as 4h e as 8h, na quadra da escola de samba Unidos de Vila Maria, na zona norte de São Paulo. A partir das 5h, os portões foram abertos ao público, mas desde as 3h, fãs já reuniam em espera pela chegada do corpo do cantor.

A agremiação alegou ter medido a temperatura daqueles que foram se despedir do cantor e ter distribuído álcool gel pela quadra. A ideia era que o público entrasse por uma porta, desse seu adeus e se dirigisse à outra saída do local. No entanto, houve intensa aglomeração e comoção durante o início da manhã.

Com o dia clareando, por volta das 6h30, as filas voltaram a aumentar. Para tentar espantar o frio, as pessoas que aguardavam do lado de fora da quadra batiam na palma da mão e cantavam sucessos do cantor como "Pra Inveja É Tchau" e "Cavalo de Tróia". Ainda houve fogos de artifício saudando o cantor.

Amigos famosos, como Yudi Tamashiro, MC Brinquedo, Matheus Mazzafera, MC Livinho, estiveram no local para prestar suas últimas homenagens. Yudi, aliás, cantou e orou por Kevin. Sob forte emoção, a família do cantor - incluindo a mãe, Valquíria Nascimento, a irmã Ellen Bueno e a viúva, Deolane Bezerra - passou a maior parte da noite ao lado do funkeiro. O pai do MC, Agnaldo Bueno, se referiu à perda de Kevin como "uma tragédia", enquanto a mãe disse que o filho deixaria "muita saudade".

Já Deolane fez um desabafo ao fim do velório do cantor. Segundo a advogada, o músico tinha falsos amigos que "sugavam" sua energia.

"Família é pai, mãe, irmão. Isso aqui é coisa de falso amigo. Eu cansei de falar para o Kevin tomar cuidado, abrir o olho. Ele tinha muito amigo falso, sanguessuga. Isso aqui [morte do cantor] é amizade. Cansei de falar para o Kevin que tudo tem consequência na vida", disse se referindo ao fato de que Kevin teria caído da varanda do quarto em que amigos estavam hospedados.

Como foi o enterro

Às 9h30, o caixão foi fechado e o corpo de Kevin seguiu para o cemitério Parque dos Pinheiros, no Jaçanã, também na zona norte da capital paulista. Apesar de, em vida, o cantor ter manifestado o desejo de ser cremado, a família optou por um enterro.

O corpo chegou ao local pouco depois, por volta das 9h40, e a administração do local não conseguiu conter todos os fãs que seguiram o cortejo. Nova aglomeração se formou em torno da sepultura e o adeus emocionado do público, de familiares e amigos foi antecipado: anteriormente previsto para 11h30, ele teria acontecido às 10h50.