PUBLICIDADE
Topo

Whindersson rebate críticas sobre demora para negar traição de Luísa Sonza

Whindersson Nunes e Luísa Sonza se divorciaram no ano passado - Reprodução/Instagram
Whindersson Nunes e Luísa Sonza se divorciaram no ano passado Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

10/05/2021 19h35Atualizada em 10/05/2021 21h22

Após negar os boatos de que teria sido traído por Luísa Sonza, Whindersson Nunes rebateu as críticas de seguidores que acham que ele deveria ter se posicionado antes.

"Do jeito que falei parece que eu deixei uma pessoa sofrer hate, mas eu disse que não terminamos por causa disso", escreveu o comediante.

"Eu tenho meus motivos pra nunca ter dito que não, e nunca ter dito que sim. Isso deveria ser só meu, sempre fiquei na minha, nunca mais mexi na vida de ninguém."

Ele relembrou postagens da época do término em que disse que os ataques a Luísa eram injustos. Ele também pediu para os fãs respeitarem a ex e denunciarem os ataques:

Agora, ele afirma: "Eu não sou nem nunca fui perfeito, e nunca cobrei perfeição de ninguém, mas depois do término aconteceu uma coisa que eu fiquei muito triste decepcionado, que não foi uma traição, mas depois passei a não botar mais a mão no fogo por ninguém e ficar na minha!"

Whindersson diz, ainda, que quer preservar sua privacidade: "O que me magoou deveria ser assunto meu, puro e exclusivamente meu, e se você gosta da Luísa deveria ouvir a música dela, é o melhor que você pode fazer. Por que procurar culpados por coisas que vocês não sabem, um relacionamento inteiro? Se você quiser, pode deixar de me seguir".

Uma seguidora comentou: "Olha, levou só UM ANO E MEIO pra ele dizer que não terminou por traição. Devia ser muito falar isso pra que uma mulher que já amou parasse de sofrer ataques..."

Whindersson rebateu: "Mentira sua, eu não vou é ficar lembrando o povo brasileiro todo dia, não bota na minha conta, não".

Ele não deu detalhes do ocorrido, mas contou como se sentiu: "Depois desse motivo que eu me senti muito, nossa, diploma de OTÁRIO, somaram-se várias outras coisas, que levam a não botar a mão no fogo mesmo por ninguém, depois das minhas conclusões segui minha vida, questionei sobre o assunto recebi um [emoji triste]. E fiquei na minha CALADO".

"Tipo assim, a galera vai chutando e não acerta nada do que chuta, e eu não posso passar o dia todo corrigindo nas informações dando informações sobre a minha vida, eu vivia uma paranoia que não podia conversar sobre nada que as paredes ouviam e virava fofoca."