PUBLICIDADE
Topo

Jornalista que agradeceu Paulo Gustavo ao vivo assumiu namorado em janeiro

Marcelo Cosme, apresentador do "GloboNews em Pauta"
Marcelo Cosme, apresentador do "GloboNews em Pauta"
Reprodução/GloboNews

Gabriel Nanbu

De Splash, em Santos

10/05/2021 15h54

Quem assiste ao jornalista Marcelo Cosme, 41 anos, todo na estica de terno e a gravata na GloboNews pode estranhar os looks "regata e bermuda" nas redes (por lá, ele mostra até tatuagem). Super aberto com os fãs, ele revelou ser gay no Instagram em janeiro, quando publicou uma foto com o namorado.

Na última semana, Marcelo, que apresenta o "GloboNews em Pauta", emocionou muita gente ao agradecer ao vivo o ator Paulo Gustavo, morto em decorrência da covid-19, por tê-lo ajudado a se assumir gay para a mãe, Landaci, depois de assistirem juntos ao filme "Minha Mãe É uma Peça".

Continua depois da publicidade
Eu pensava o seguinte: se minha mãe vê uma mãe aceitando o filho gay rindo na TV, ela vai me acolher quando eu contar.
Marcelo, sobre como o filme com Paulo Gustavo o ajudou

Conquistou Gil do Vigor

Ele também fez sucesso ao usar o bordão "O Brasil Tá Lascado", do participante do "BBB 21" Gilberto Nogueira, no programa jornalístico, ao relatar a realidade nacional.

Assumindo o relacionamento

Durante suas férias, em janeiro, Marcelo propôs um jogo de "verdade ou mentira" com seus seguidores. Ao ser questionado se estava namorando, ele respondeu positivamente, publicando uma foto com o namorado, o cardiologista mineiro Frankel Brandão.

Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Marcelo e o namorado, o cardiologista Frankel Brandão
Imagem: Reprodução/Instagram
Continua depois da publicidade

Na mesma conversa com fãs, a propósito, ele mostrou sua tatuagem na panturrilha, com o desenho de São Benedito, santo com quem tem ligação especial.

Ele se considera um homem de fé e fez a tatuagem, um desejo antigo, quando estava afastado do trabalho por causa de uma cirurgia nas cordas vocais.

Agressões e protesto

Três meses antes, Marcelo havia sido alvo de ataques homofóbicos e racistas nas redes sociais, pelo simples fato de apoiar medidas de isolamento social frente à pandemia do coronavírus. Mas não se encolheu.

Não é mimimi. São ameaças, ataques, ofensas, desrespeito. E sabemos que homofobia, racismo e xenofobia são crimes.
Marcelo Cosme, sobre as ofensas que recebeu nas redes

O apresentador recebeu o apoio de colegas.

Continua depois da publicidade

Vocação

Gaúcho de Rio Grande e formado pela Universidade Católica de Pelotas (RS), Marcelo integra a equipe da GloboNews há 10 anos.

Ele queria ser jornalista desde pequeno, como entregou sua mãe, Landaci, em um depoimento ao canal.

Enquanto outras crianças jogavam futebol, ele pegava uma caixa de papelão e montava uma câmera. Com cabo de vassoura, fazia o microfone e, com folhas de papel, fazia o jornal.
Landaci Cosme, em entrevista à GloboNews
Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Marcelo Cosme e a mãe, Landaci
Imagem: Reprodução/Instagram

Longa estrada

Antes de integrar a equipe da GloboNews, ele passou pela RBS, filiada da TV Globo no Rio Grande do Sul, e, pelo canal, trabalhou em Rio Grande, Porto Alegre e Brasília. Depois, trabalhou ainda no "Jornal da Band", com Ricardo Boechat.

Focado em cobertura política, Marcelo é responsável por alguns furos nacionais. A divulgação de áudios entre Dilma Rousseff e Lula, pelo então juiz Sergio Moro, que sugeriam uma manobra para livrar o ex-presidente da detenção, foi um deles.

Continua depois da publicidade
Reprodução/GloboNews - Reprodução/GloboNews
Marcelo Cosme, à frente do 'Em Pauta'
Imagem: Reprodução/GloboNews

Em entrevista ao site Coletiva, disse que o convite para comandar o "Em Pauta", no Rio de Janeiro, foi uma "grata surpresa", mas lhe causou medo.

O 'Em Pauta' me obrigou a entender de economia, além da política, que eu já acompanhava, de questões internacionais, e de temas que mexem com a vida das pessoas no seu dia a dia.
Marcelo Cosme

Família e fama

O jornalista tem um filho, Eduardo, 21 anos, estudante de administração, fruto de um relacionamento passado. Ao Coletiva, disse que a relação com o jovem é a melhor possível.

Ele nasceu quando eu estava no terceiro semestre da faculdade e foi um grande susto. Hoje, é uma relação ótima, próxima e muito tranquila.
Marcelo Cosme, ao site Coletiva
Continua depois da publicidade

Quando está em Rio Grande, o jornalista gosta de visitar parentes sem avisar. E, na rua, gosta de conversar com fãs e telespectadores de seu programa.

Sempre tive muita noção do lugar que eu ocupo no mundo. E para tudo: no meu núcleo familiar, no círculo de amizade e dentro da minha profissão, inclusive.
Marcelo Cosme