PUBLICIDADE
Topo

'Sombra e Ossos': as diferenças entre a série da Netflix e os livros

Alina Starkov e Archie Renaux como Alina e Malyen em "Sombra e Ossos'
Alina Starkov e Archie Renaux como Alina e Malyen em "Sombra e Ossos'
Reprodução/Netflix

Gabriel Nanbu

Do UOL, em Santos

30/04/2021 04h00

A série de fantasia "Sombra e Ossos", que estreou na última semana, já chegou chegando ao topo dos conteúdos mais assistidos da Netflix. E, como não poderia deixar de ser, fãs já estão fazendo comparações com a série de livros que a originou.

Algumas diferenças surpreenderam os fãs: houve criação de personagens, adaptação da história, mudanças aqui e acolá. Vem com a gente que contamos as principais.

Alerta de spoilers!

Continua depois da publicidade
Creative Commons - Creative Commons
Leigh Bardugo criou o "Grishoverso" em uma série de livros
Imagem: Creative Commons

Qual é a história de "Sombra e Ossos"?

A série é inspirada no Grishaverso (mais um mundo cheio de poderes mágicos, criaturas fantásticas, monstros... o cardápio completo), série de livros fantásticos criados pela escritora israelense-americana Leigh Bardugo.

A trilogia Grisha compreende as obras "Sombra e Ossos", "Sol e Tormenta" e "Ruína e Ascensão". Ela também é autora da sequência Ketterdam, que tem "Six of Crows: Sangue e Mentiras" e "Crooked Kingdom: Vingança e Redenção".

A trilogia Grisha

Os livros acompanham a história de Alina Starkov (vivida por Jessie Mei Li), uma adolescente que cresce em tempos de guerra em um orfanato no reino de Ravka, ao lado do amigo Malyen Oretsev (Archie Renaux).

Continua depois da publicidade

Ao salvar o BFF dos monstros Volcras, Alina descobre ter poderes que a tornam superespecial. Darkling (Ben Barnes), líder dos Grisha, um povo capaz de conjurar poderes de elementos naturais, leva a jovem para treinar com seus pares.

Sequência 'Six of Crows'

Os dois livros mais recentes, por sua vez, narram uma história do mesmo universo, mas têm como protagonistas o bando de ladrões adolescentes Os Corvos.

A série conta as narrativas tanto de Alina quanto dos Corvos, mas de forma separada.

Há gente que vê outros atrativos além do enredo:

Reprodução/Netflix - Reprodução/Netflix
Alina, na série da Netflix, sofre preconceito por ser "metade-Shu"
Imagem: Reprodução/Netflix

A origem de Alina

Uma das principais mudanças da série em relação aos livros é que a ascendência da heroína é detalhada. O reino de Ravka é inspirado na Rússia dos tempos czaristas e mostra o racismo na sociedade, majoritariamente branca, contra pessoas de Shu Han (terra inspirada na China).

Continua depois da publicidade

A escalação da atriz de ascendência chinesa Jessie Mei Li evidencia essa escolha. Na série, Alina, metade-Shu, sofre preconceito em todos os lugares em que pisa.

Reprodução/Netflix - Reprodução/Netflix
Os Corvos não aparecem na trilogia original de Leigh Bardugo
Imagem: Reprodução/Netflix

A presença dos Corvos

Os Corvos não estão em nenhum dos livros da trilogia de "Sombra e Ossos"; eles só vão aparecer em "Six of Crows", ambientado dois anos depois dos acontecimentos dos primeiros livros.

Ainda assim, na série, o grupo de desajustados tem sua história contada paralelamente à de Alina, por opção da autora dos livros e do showrunner da série, Eric Heisserer.

Toda a trama do grupo de criminosos na primeira temporada é inédita; foi pensada especificamente para a série. A história do plano de sequestro da protagonista, portanto, não está nas páginas da obra escrita.

Continua depois da publicidade
Reprodução/Netflix - Reprodução/Netflix
Arken Visser (Howard Charles) é um dos personagens criados para a série
Imagem: Reprodução/Netflix

Personagens 'inventados'

O contrabandista Arken Visser (Howard Charles), conhecido na série como "O Condutor", e o general Zlatam (Tom Weston-Jones) tampouco estão nas obras de Leigh Bardugo.

Apesar de terem papéis importantes, todas as suas cenas foram criadas para a série.

Reprodução/Netflix - Reprodução/Netflix
O general Darkling (Ben Barnes) em 'Sombra e Ossos'
Imagem: Reprodução/Netflix

História do general Darkling

O general Darkling tem uma história de fundo mais desenvolvida na série, que explica seu desejo por poder e a sede de vingança. Na série, ele vê soldados do rei matarem a mulher que ama, Luda, personagem que não está no livro "Sombra e Ossos".

Continua depois da publicidade

Mal é um cara mais bacana

Nos livros, muita gente se irritou com a forma negligente e ressentida com que o crush da protagonista, Malyen Oretsev, a trata. Na série, ele é um cara muito mais agradável e atencioso, e eles têm uma relação de amizade mais forte do que a de amantes.

Leigh Bardugo já disse em entrevistas que escreveria o personagem de Mal de forma diferente hoje em dia. Parece que ele encontrou sua redenção no programa.

E a segunda temporada?

Apesar de não ter uma segunda temporada confirmada oficialmente, a probabilidade dela sair é grande.

De acordo com a autora Leigh Bardugo e o showrunner Eric Heisserer, novos roteiros já estão sendo escritos. Agora, é questão de esperar.

Temos muitos planos e muitos livros com caminhos a seguir.
Eric Heisserer, showrunner de 'Sombra e Ossos'